29.2 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 05 dezembro, 2021
InícioECONOMIASonegação de ICMS no setor de calçados é investigada no Rio

Sonegação de ICMS no setor de calçados é investigada no Rio

Objetivo é o cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços vinculados a três empresas, suspeitas de sonegar mais de R$ 37 milhões referentes ao ICMS.
Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) e o Grupo de Atuação Especializada no Combate à Sonegação Fiscal e aos Ilícitos Contra a Ordem Tributária do Ministério Público do estado (Gaesf/MPRJ) realizam hoje (10) a Operação Diáleimma, que em grego significa quebra feitiço.

O objetivo é o cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços vinculados a três empresas do setor de calçados, suspeitas de sonegar mais de R$ 37 milhões referentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).


--Continua depois da publicidade--

A ação conta com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ. Segundo as investigações, as empresas envolvidas pertenceriam a um mesmo grupo, apesar de serem optantes do regime tributário diferenciado Simples Nacional.

“O fracionamento em estabelecimentos aparentemente independentes ensejaria a pulverização das receitas brutas globais do grupo econômico, de modo a alterar, de forma artificiosa, o regime normal de tributação ao qual, de fato, estariam sujeitas e, com isso, alcançar um recolhimento menor do ICMS incidente na atividade empresarial desempenhada”, informou o superintendente de Fiscalização da Subsecretaria de Receita da Sefaz-RJ, Almir Machado.

Os indícios de fraude levaram a secretaria e o Ministério Público a requerer judicialmente a realização de ação de busca e apreensão no principal endereço apontado como sede do grupo, além de um escritório de contabilidade e uma residência, visando a coleta de provas e outros elementos que levem ao entendimento exato do esquema adotado para sonegação de tributos e identificação dos autores. Os nomes das empresas supostamente envolvidas não foram revelados.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,346FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

ENSINO SUPERIOR
Candidatos participam de vestibular para ingressar na Unilasalle Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Em Lucas!
Polícia Militar prende homem com arma de fogo
dezembro 05, 2021
Sinop
Profissionais de Sinop conhecem funcionamento de RAPS em Lucas do Rio Verde
dezembro 05, 2021
Mato Grosso
Fiscais e agentes do Indea são capacitados para combater praga que atinge lavouras em Mato Grosso
dezembro 05, 2021