34.1 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 02 dezembro, 2020
Início ECONOMIA Furnas contrata energia solar por 15 anos; investimentos é de R$ 4...

Furnas contrata energia solar por 15 anos; investimentos é de R$ 4 bi

Segundo a empresa, no total, serão mil megawatts de potência instalada, distribuídos entre os estados da Bahia, do Ceará e da Paraíba.
Por Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Furnas anunciou, nesta sexta-feira (13), a contratação de 15 empreendimentos de energia solar, para comercialização a partir de 2024. No total, serão mil megawatts de potência instalada, distribuídos entre os estados da Bahia, do Ceará e da Paraíba.

A decisão foi resultado de leilão realizado na quinta-feira (12) pela estatal, para compra de longo prazo de energia elétrica incentivada de novos empreendimentos de fontes eólica e solar no Ambiente de Contratação Livre (ACL). O investimento estimado pelas empresas responsáveis pelos ativos é de cerca de R$ 4,1 bilhões.

O aumento da participação da energia solar e eólica na matriz elétrica é um fenômeno mundial. No Brasil, que tem uma das matrizes mais limpas do mundo, não pode ser diferente, pois ainda temos muito potencial a desenvolver. As empresas Eletrobras, com 96% da sua geração baseados na energia limpa, são importantes impulsionadoras da economia de baixo carbono”, afirmou o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior.

Os empreendedores geradores interessados em vender energia para Furnas fizeram ofertas para quatro produtos: duas entregas de energia eólica e duas de solar nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste de 2024 a 2038.

Participaram do leilão Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs), subsidiárias integrais e consórcios. Os interessados também precisaram apresentar histórico positivo na implantação de empreendimentos e demonstrar parâmetros econômico-financeiros saudáveis.

“A partir deste certame, a empresa contribui com a expansão da oferta de energia no Brasil, por meio da viabilização de projetos no mercado livre, o que já se constitui como uma realidade e também uma tendência para o futuro. Nossa intenção é fazer bons negócios com a revenda de energia e ajudar na expansão do setor elétrico, mesmo sem participar diretamente da construção de novos empreendimentos”, concluiu Pedro Brito, presidente de Furnas.

As informações foram divulgadas pela assessoria de Furnas. Dados completos podem ser acessados na página da empresa na internet.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Pazuello diz que testes encalhados terão validade estendida

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira (2) que a validade dos testes para Covid-19 que o governo mantém armazenados será estendida. Pazuello participou de...

83% dos estupros de vulnerável em SP na pandemia foram dentro de casa, diz estudo

Um levantamento feito com base em dados da Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo aponta que 83% dos casos de estupro de...

Militar vence a luta contra Covid-19 e recebe homenagem em Lucas do Rio Verde

A Polícia Militar (13º BPM) em Lucas do Rio Verde-MT prestou na manhã desta quarta-feira (2) homenagem ao Sargento PM César  Sales, 43 anos....

Servidores do CDP de Juína reivindicam redução de carga horária

O Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína, localizada na zona rural e a uma distância de cerca de 10 km do centro da...
Publicidade
x