20.7 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 02 agosto, 2021
InícioECONOMIAComércio de veículos cai 2% em junho, mas sobe 23% no semestre...

Comércio de veículos cai 2% em junho, mas sobe 23% no semestre em Mato Grosso

A comparação do primeiro semestre de 2021 com o mesmo período de 2020, mostra um aumento de 23,87% com a venda de 47,2 mil unidades.
Por G1 MT

A comercialização de veículos novos em Mato Grosso teve uma queda de 2,26% em junho, quando houve o emplacamento de 8.989 unidades. Em maio, foram emplacadas 9197 unidades. Já a comparação do primeiro semestre de 2021 com o mesmo período de 2020, mostra um aumento de 23,87% com a venda de 47,2 mil unidades.

Os dados são divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores e enviados à Regional Mato Grosso (Fenabrave-MT) e referem-se aos segmentos de automóveis e comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários e similares.


--Continua depois da publicidade--

O segmento de automóveis e comerciais leves é responsável por 45% de participação das vendas nas concessionárias. Em junho, com 3.888 unidades, a queda ficou em -1,37%. Já no semestre, os dados mostram alta de 29,40% e 22.484 unidades vendidas.

Já o segmento de caminhões e ônibus apresenta queda de -0,86%, com 4 unidades a menos que em maio. Em junho, a soma foi de 463 emplacamentos. Já no acumulado do ano, foram 2.290 unidades vendidas, enquanto no primeiro semestre de 2020, foram apenas 1.550. Neste cenário, o aumento foi de 47,7%.

A quantidade de motos vendidas em junho, perante maio, também caiu. A queda foi de -0,76% com 3.664 unidades emplacadas em junho. Referente ao primeiro semestre de 2021, as vendas totalizam 16,5 mil unidades e aumento de 9,2% na comercialização.

Implementos rodoviários também tiveram queda em junho de 25,64% com 522 unidades vendidas. Em maio foram 702 unidades. No semestre as vendas aumentaram 35,5%.


--Continua depois da publicidade--

Neste momento de pandemia, com a vacina ainda em fase de ampliação, o ano se torna ainda mais desafiante para o setor.

Primeiro, as montadoras tiveram que superar a estagnação do mercado por causa da recessão econômica e, agora, enfrentam a crise provocada pelo coronavírus.

Na avaliação de Paulo Boscolo, diretor-presidente da Fenabrave-MT, o setor em Mato Grosso tende a acompanhar o que acontece na economia nacional. No Brasil houve queda de 3%.

Expectativas

 

Segundo representantes do setor de veículos novos, a projeção para 2021 é de crescimento de mais de 13%, conforme tendência nacional. Dessa forma, as vendas podem ultrapassar 12 mil unidades em Mato Grosso. Para a projeção se realizar, o volume de montagem de veículos deve também crescer, já que o atual cenário é de falta de componentes, tais como pneus e chips.

Notícias sobre o mercado citam que a indústria nacional deixou de produzir entre 100 mil e 120 mil veículos.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde adere campanha “Agosto Dourado” em incentivo ao aleitamento materno
agosto 01, 2021
33 anos
Prefeitura anuncia ações voltadas para o aniversário de Lucas do Rio Verde
agosto 01, 2021