26.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 23 setembro, 2021
InícioColuna do Fabiano de AbreuA mentira que você conta nas redes sociais afeta a sua saúde...

A mentira que você conta nas redes sociais afeta a sua saúde mental.

Por Fabiano de Abreu

VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE MOSTRA UMA VIDA DE MENTIRA NAS REDES SOCIAIS?

Nenhuma mentira suplanta a nossa verdade interior. Por mais que desejemos mostrar uma felicidade nas redes sociais, se ela não existe, acabamos mergulhados em uma sensação de insatisfação que nos adoece.


--Continua depois da publicidade--

A autenticidade nos garante momentos de felicidade, mesmo que as coisas não estejam exatamente como a gente gostaria que estivessem, o nosso ser autentico consegue ser feliz com o que tem.

As máscaras sociais, em muitos momentos, são importantes e se fazem necessárias. Ninguém suportaria nossa verdade absoluta, nossa sinceridade massacrante, se assim fosse, nos tornaríamos “sincericidas ou sincerinatas”. Essa atitude nos levaria à solidão.

Usar de “personas” adequadas ao momentos, ambiente, situações e pessoas, e escolher bem o personagem no grande teatro da vida é sim uma tarefa desafiadora que nos assegura nos portarmos adequadamente em cada ambiente, e sermos bem vindos.

Saber exatamente como agir e se apresentar em cada ambiente nos garante participar do enredo do dia a dia, sem temer a exclusão social, o cancelamento, que nos remete ao desamparo, a desimportância, a desesperança que se desdobra em depressão e isolamento.


--Continua depois da publicidade--

FINGIR O TEMPO TODO NOS FAZ SENTIR SER UMA FRAUDE, E ACABAMOS NOS PERDENDO DE QUEM REALMENTE SOMOS.

Vidas polarizadas são como fios conectados a apenas uma tensão, positiva ou negativa, isso não vai nos “acender”, precisamos do equilíbrio das duas correntes, das duas forças que geram energia e nos iluminam.

As redes sociais são apenas um recorte, um momento de aparição do mundo digital para o mundo real. Quando nos expressamos nas redes temos a sensação de que somos eternos, pois tudo o que postamos continuará ali, a não ser que as excluamos manualmente de lá.

Mas esse sentimento de eternidade é uma grande ilusão, na verdade, nos eternizamos em momentos reais, vividos com pessoas igualmente físicas, concretas, e que vivem a nossa verdade de fato.

Nos sentiremos mais felizes se passarmos a compartilhar verdadeiramente a vida com alguém e se permitirmos que este alguém nos deixe traços que carregaremos até o fim dos nossos dias.

Somente no mundo manifesto e real é que podemos expressar o olhar que comunica o verdadeiro amor, o sorriso de cumplicidade, o momento de tirar a maquiagem, de ficar descabelado, de soltar o nó da garganta, de buscar o ritmo certo no compasso do mesmo coração…

Mentir uma vida perfeita e virtual, num palco iluminado, editado, “fotoshopado”, com a fantasia a substituir a verdade, omitindo de nós mesmos e dos outros os erros e só compartilhando os acertos, em rompantes de calmarias é buscar a engrenagem que moverá a nossa vida, envolvido pela peça do outro.

Ser de verdade é também mostrar fragilidades, demonstrar a vulnerabilidade ao enfrentar desafios, se sentir perdido e aprender a pedir ajuda, oferecer consolo, dar e receber amparo… Ser assim nos traz saúde e vitalidade, mas contar mentira acaba nos colocando doentes.


--Continua depois da publicidade--

Nas redes sociais, criamos autoridade, queremos mostrar que sabemos tudo, que somos belos, autossuficientes, que temos opiniões formadas, que somos saudáveis e seguros.

É justamente isso que nos adoece, o fato de parecer sem ser! E mesmo que nos sintamos verdadeiramente assim em nossa vida real, a vida, infelizmente, não é só isso, devemos demonstrar compaixão por quem sofre, ajudar quem precisa, principalmente, quando tudo vai bem em nossas vidas.

Quando queremos receber só para nós, nós adoecemos na ganancia e na falta de amor ao próximo.

A casca que nos recobre é fina demais, não resiste a um olhar que atravessa a alma e encontra a dor que em nós mora, porque todo ser humano têm a sua ferida aberta. Quando uma cicatriza, abre-se uma nova.


--Continua depois da publicidade--

Os ciclos da vida são sempre muito democráticos, todos atravessamos crises, ultrapassamos estágios, enfrentamos provas… E é essa verdade abstrata, cíclica e difusa que nos domina e rege.

Manter suas contas e suas aparições no mundo virtual ativas é uma forma de viver. Mas não esqueça que a vida sempre acontece no aqui e agora, no presente concreto, ao lado de pessoas reais. Que escolhem sorrir e chorar, amar e se enraivecer, se aproximar e partir quando querem, deixando memórias.

Escolher viver apenas o mundo virtual, dia e noite conectado a uma tela vai te adoecer.

É preciso se abrir para a verdade do seu interior, e agir com essa verdade sem impor o seu ponto de vista, apenas sendo. Só a autenticidade nos garante a felicidade! Enquanto você viver de posts felizes, bebendo de uma alegria vazia, mais vazio sentirá em sua existência.

SE PERMITA SER DIFERENTE PORQUE TODOS NÓS SOMOS ÚNICOS, NINGUÉM É IGUAL NESSE MUNDO.

Quando tentamos nos igualar, seguir padrões pré-estabelecidos e nos forçamos a segui-los, mesmo que não nos encaixemos neles, acabamos como papagaios, ou seja, só repetimos o que já existe.

Ao nos mover assim pela vida, adoecemos mentalmente, pois estamos fugindo da nossa essência, daquilo que somos de verdade e nos forcando a ser aquilo que achamos que é melhor do que nós mesmos.

Não existe melhor ou pior, existem pessoas que se entregam a sua verdade e por isso se destacam. Seja essa pessoa! Não viva de mentira!

Foto de arash payam no Unsplash

Sobre o autor do texto: Dr. Fabiano de Abreu

Facebook:https://www.facebook.com/FabianodeAbreuOficial/
Instagram:https://www.instagram.com/fabianodeabreuoficial/
Twitter:https://twitter.com/fabianodeabreur

Fabiano de Abreuhttps://www.cenariomt.com.br/coluna-do-fabiano-de-abreu/
Colunista do CenárioMT, Fabiano de Abreu é membro da Mensa, associação de pessoas mais inteligentes do mundo com sede na Inglaterra conseguindo alcançar o maior QI registrado com 99 de percentil o que equivale em numeral a um QI acima de 180 para valores europeus e 150 para o Brasil. Especialista em estudos da mente humana, é membro e sócio da CPAH – Centro de Pesquisas e Análises Heráclito, com sede no Brasil e unidade em Portugal.

Redes sociais

107,334FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Show Safra 2022
Prefeitura participa de lançamento do Show Safra 2022
setembro 22, 2021
Lucas do Rio Verde
Equipe de karatê de Lucas do Rio Verde conquista segunda colocação em competição nacional
setembro 22, 2021
TOP 4 NACIONAL
Cercado de expectativa, Show Safra 2022 é lançado em Lucas do Rio Verde
setembro 22, 2021
PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021