30.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOAL-MTSilvio Fávero homenageia militares dedicados à difusão do Ensino Militar

Silvio Fávero homenageia militares dedicados à difusão do Ensino Militar

Militares dedicados ao ensino militar foram homenageados com a comenda Dante Martins de Oliveira, uma das mais simbólicas da ALMT.
Por CenárioMT

Representantes da Polícia Militar dedicados a difusão do Ensino Militar em Mato Grosso foram homenageados na manhã desta segunda-feira (22) com a comenda Dante Martins de Oliveira, pelo deputado estadual Silvio Fávero, autor da Lei 11.273/20, que tem possibilitado a criação e transformação das unidades de ensino em Mato Grosso.

A condecoração, que é considerada uma das simbólicas do Estado, homenageia pessoas que tenham se destacado por ações na área de direitos humanos, democracia e cidadania mato-grossense.


--Continua depois da publicidade--

Para Silvio Fávero, a homenagem levou em consideração o histórico de vida, valores e potencial de cada militar na transmissão do conhecimento.

“É uma justa homenagem aos militares que tem contribuído com a formação dos nossos jovens e da sociedade como um todo”, destacou Silvio Fávero.

Na oportunidade, o secretário Alan Porto destacou a importância da Lei de autoria do deputado Silvio Fávero, ressaltando como única e inovadora no país. “O deputado Silvio Fávero está à frente da implantação das Escolas Militares em Mato Grosso, com uma lei inovadora, única no Brasil com foco na criação e transformação das unidades militares”, destacou o secretário estadual de Educação.

POSSE

Os diretores das escolas militares recentemente transformadas em Mato Grosso, nos municípios de Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra e Várzea Grande, tomaram posse nesta segunda-feira (22), para atuação no 2021/2022. Cada uma dessas escolas terá a direção de um militar da PM, mas a coordenação pedagógica continua de responsabilidade da Seduc-MT. Além de professores da rede estadual de ensino, as unidades terão uma assessoria militar que ficará responsável pelas atividades cívicas e auxílio na parte pedagógica.

As quatro novas escolas militares criadas são:
• E.E. da Polícia Militar Tiradentes SD PM Vanilson da Silva Carvalho, em Barra do Garças (antiga E.E. São João Batista). Diretor: tenente-coronel PM RR Naildo Guedes Lima;
• E.E. Natalino Ferreira Mendes e Escola da PM Tiradentes CB PM RR David Maciel de Campos, em Cáceres. Diretor: 2º tenente Paulo Pinto do Nascimento Jatobá;
• E.E. da Polícia Militar Tiradentes 1º Tenente PM Salomão Fernandes Ferreira Piovesan, em Tangará da Serra (antiga E.E. Emanuel Pinheiro). Diretor: capitão Márcio Pereira da Silva;
• E.E. da Polícia Militar Tiradentes Tenente Coronel PM Louirson Rodrigues Benevides, em Várzea Grande (antiga E. E. Nadir de Oliveira). Diretor: tenente-coronel PM RR Edivaldo Souza de Oliveira.


--Continua depois da publicidade--

Parceria na educação

Mato Grosso tem, atualmente, 12 escolas militares, em 12 cidades. Além das quatro aprovadas entre 2020 e 2021, outras sete foram criadas entre os anos de 2017 e 2019. Antes, existia somente a tradicional E.E. da Polícia Militar Tiradentes, criada em 1986, em Cuiabá.

As escolas militares se destacam nas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e prezam conceitos como respeito e disciplina.
Além das escolas militares, Mato Grosso tem ainda uma unidade cívico-policial, a E.E. Presidente Médici, em Cuiabá, que neste ano passa a ter gestão compartilhada entre a Seduc-MT e a Polícia Rodoviária Federal (PRF-MT).

Com informações da Seduc-MT.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

ATO CÍVICO
Com foco na família e na religião, Movimento Verde e Amarelo realiza ato em Lucas do Rio Verde
maio 15, 2021
LITERATURA
“Livro é uma viagem que você faz sem precisar sair de casa”, compara premiada em concurso de poesia
maio 15, 2021