23.3 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 19 janeiro, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICOPolêmico, projeto que reajusta salários de prefeito, vice e secretários é aprovado...

Polêmico, projeto que reajusta salários de prefeito, vice e secretários é aprovado em Lucas do Rio Verde

Marcio Albieri e Marcos Paulista votaram contra alegando que momento não é para reajustes salariais
Por CenárioMT

O projeto que reajusta os salários do prefeito, vice e secretários da Prefeitura de Lucas do Rio Verde foi aprovado em sessão polêmica. O projeto, de autoria da Mesa Diretora, elevou para R$ 18 mil o salário do prefeito municipal, e para R$ 15 mil os salários do vice e secretários.

Como era de se esperar, o projeto rendeu discussões durante a votação. A sessão chegou a ser suspensa a pedido do presidente Daltro Figur. No final, dois vereadores votaram contra: Marcos Paulista e Márcio Albieri.

“Esse aumento aí dará em torno de R$ 1,2 milhão numa gestão de quatro anos. Então, olha só quanta coisa na saúde do município de Lucas não poderia ser feito com esse dinheiro. Mas é lamentável”, destacou o vereador Marcos Paulista, lembrando que no final do ano passado projeto semelhante foi votado. Apesar de aprovada, a matéria foi promulgada pelo Poder Legislativo. Contudo, a questão foi judicializada e permanece sem definição.

Aberração

O vereador Marcio Albieri também fez menção à lei aprovada no final de 2020. “Então, hoje foi aprovado aqui  aberração jurídica. A Câmara infelizmente aprovou uma lei aumentando um salário tendo já uma outra lei aprovada, sancionado pelo (ex-presidente da Câmara) Dirceu Cosma lá no finalzinho ainda e está em vigência”, reforçou. “Isso aí não passou, eu acredito, de um malabarismo jurídico pra que essa questão que está judicializada, perca a questão do objeto principal e se arquive. Vamos dizer assim esse projeto quer enganar o Poder Judiciário”, acrescentou.

Já o vereador Ademilson Pereira, o Zinho, justificou o voto favorável ao projeto. Segundo ele, o município não pode remunerar servidores com salários maiores que os pagos ao prefeito municipal. “Eu votei a favor pensando na população, na hora de contratar médico. A gente sabe que esse projeto já entrou aqui na gestão passada e eu pensei mais na ponta, na população, no final”, explicou.

Polêmico

O presidente Daltro Figur reconheceu tratar-se de um projeto polêmico. “Quando mexe com dinheiro, benefícios e salários, muitas vezes somos questionados. Mas esse é o papel do vereador. O projeto foi amplamente discutido. Esse projeto já tinha vindo em outra forma, através de verbas indenizatórias, mas nós aprovamos ele, incluindo ele como salário. Então, não muda nada daquilo que estava sendo vindo antes”, citou.

Daltro agradeceu o entendimento dos vereadores, inclusive os que se posicionaram contra a matéria. “Quem votou contra, é direito dele também, entendemos que cada vereador tenha o livre arbítrio”, concluiu.

Celso Ferreira Neryhttps://www.cenariomt.com.br
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.
Publicidade

Publicidade

Redes sociais

107,350FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,121SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

HOMICÍDIO
Corpo de jovem é encontrado enterrado em mata em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
POLÍCIA
Pai é detido por ameaçar filhas com facão em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
Lucas do Rio Verde
Confira o calendário esportivo para fevereiro e março de 2022 em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
Lucas do Rio Verde
Janeiro Roxo: Lucas do Rio Verde realiza ações educativas sobre hanseníase nos PSFs
janeiro 19, 2022