20.7 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 27 julho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTSetasc é ponto de coleta de tampinhas de plástico para ajudar animais...

Setasc é ponto de coleta de tampinhas de plástico para ajudar animais abandonados

Projeto Tampatinhas visa retirar plásticos recicláveis do meio ambiente e ajudar animais de rua
Por CenárioMT

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) é um ponto de coleta do projeto que visa retirar plásticos recicláveis do meio ambiente e ajudar animais de rua, o Tampatinhas. Servidores, contribuintes e a sociedade em geral poderão contribuir, juntando e doando tampinhas plásticas.

Através da coleta e venda desses materiais recicláveis é possível custear castrações em animais de rua abandonados e que são vítimas de maus tratos. Podem ser doadas desde tampinhas de garrafas pet, passando por tampas de produtos de limpeza, de xampu, de creme dental, de hidratantes, de óleo de cozinha, de requeijão, de margarina, de sucos, de maionese, de molhos prontos e de condicionador de cabelo, por exemplo. A única orientação é de que antes do descarte nos pontos de coleta, as tampinhas sejam lavadas para evitar a proliferação de odores e bactérias.


--Continua depois da publicidade--

A iniciativa, criada há dois meses, já conta com 50 unidades coletoras espalhadas por diversos pontos em Cuiabá e Várzea Grande. Além da Setasc, os pontos de coleta são: Escola Estadual Pascoal Moreira Cabral (Jardim Imperial), nos condomínios: Rio Manso, Rio Claro, Rio Cachoeirinha e Belvedere. Sede do Detran, Procuradoria Geral do Estado (PGE), Café Havana – Shopping Pantanal, Papelaria Universitária, CETEPS, Petshop Mundo Animal – Shopping Estação, Petshop Agropev Cuiabá e VG, Clínica Bellus e Hotel Novo Lar, dentre outros.

A idealizadora do projeto, Kelly Rondon, explica que o Tampatinhas tem preocupação com a causa animal e ambiental. “Estamos preocupados com o descontrole populacional causado pelo abandono dos animais que não recebem cuidados adequados. Uma das principais alternativas para driblar essa situação, é a castração desses animais. Além disso, os números de animais de rua vítimas de maus tratos são alarmantes”, pontuou.

Segundo ela, para castrar um gato são necessários 200 quilos de tampinhas para atingir o valor de uma castração. Já para um cachorro, são 400 quilos.

“O projeto ainda visa retirar do meio ambiente quilos e mais quilos de materiais que podem ser reciclados, que se acumulam com facilidade nos leitos e margens de rio, córregos e nascentes e gerar renda”.


--Continua depois da publicidade--

Ludmylla Bianchini, que atua no Assessoria Jurídica da Setasc e uma das  voluntárias do grupo Tampatinhas, ressaltou a importância de fazer o bem aos animais que vivem nas ruas. “O nosso objetivo é utilizar o dinheiro arrecadado com a venda das tampinhas para castrar os animais. Todo material que pode ser reciclado gera um valor e toda renda gerada será destinada aos animais de rua para castração”, salientou.

Dados

Dados levantados pelo Instituto Pet Brasil (IPB), em 2019, mostram que há mais de 54 milhões de cachorros e 24 milhões de gatos abandonados.

Informações

Entre em contato com projeto Tampatinhas através do contato (65) 98116 – 9510 ou acesse o endereço eletrônico pelo aplicativo Instagram: @tampatinhascuiaba .

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

PRIMEIROS TRÊS PONTOS
LEC marca de pênalti, suporta pressão e vence a primeira no Estadual Sub19
julho 26, 2021
SOLIDARIEDADE
Campanha coleta mais 57 bolsas de sangue em Lucas do Rio Verde
julho 26, 2021