15.4 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 22 maio, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGoverno dialoga com startup para atrair novo perfil de investidores para o...

Governo dialoga com startup para atrair novo perfil de investidores para o Parque Tecnológico

A organização está interessada na prospecção de parceiros que desenvolvam arranjos sociais, com impactos sobre o bem estar da sociedade e do meio ambiente
CenárioMT

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), abriu diálogo com a startup brasileira Impact Bank sobre o novo perfil de investidores que o Estado pretende atrair para o Parque Tecnológico Mato Grosso, e as possibilidades de parceria que podem ser desenvolvidas a partir da combinação de diferentes expertises.

As conversas têm sido realizadas entre o secretário da Pasta, Maurício Munhoz, e o CEO da startup, Gabriel Ribenboim, desde o South Summit Brasil, maior evento mundial de inovação, realizado no início de maio.

Com um perfil inovador, a Impact Bank está despontando como uma das maiores startups brasileiras no ramo de investimentos. A organização está interessada na prospecção de parceiros que desenvolvam arranjos sociais, com impactos sobre o bem estar da sociedade e do meio ambiente.

Segundo Maurício Munhoz, o conceito inovador do banco vem ao encontro do novo perfil de investidores que Mato Grosso pretende atrair para o Parque Tecnológico.

“Precisamos sair do lugar comum. Hoje as ideais criativas, de baixo custo, de fácil aplicação e de impacto social estão ditando as novas regras do mercado empresarial. Para o Impact Bank o lucro tem outro significado. Claro que estamos falando de um banco com fins lucrativos, mas que a essência está muito além do lucro pelo lucro. A cada transação efetivada, por exemplo, parte da receita retorna para a sociedade e para o meio ambiente. A empresa está muito alinhada ao conceito ESG – [Environmental, Social and Governance], que corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização, e que são cada vez mais cobradas pela sociedade”, explicou Munhoz.

O ESG tem gerado uma pressão natural sobre as empresas para que adotem um novo modelo sustentável, cada vez mais alinhado as necessidades da sociedade e do meio ambiente.

“São os novos arranjos financeiros inclusivos que começam a ditar as novas regras do mercado financeiro. Hoje, o olhar atento às demandas sociais tem levado as empresas a repensarem seus valores e conceitos”, reforçou Munhoz.

O South Summit, realizado em Porto Alegre (RS) entre os dias 4 e 6 de maio, reuniu participantes de 76 países focados em compartilhar experiências de sucesso e impulsionar o intercâmbio entre diferentes ‘players’ do mundo na área da inovação. Durante toda a semana, o secretário esteve focado no conhecimento de novas tecnologias na área da inovação e na troca de experiencias entre empresas, instituições e startups, além de prospectar parceiros interessados em investir no ecossistema tecnológico do Estado.

Celso Ferreira Neryhttps://www.cenariomt.com.br
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

TRÂNSITO
Motorista perde controle de veículo e bate em carreta parada em Lucas do Rio Verde
maio 21, 2022
TRÁFICO DE DROGAS
Policiais militares apreendem mais de 19 quilos de entorpecente em Lucas do Rio Verde
maio 21, 2022
POR MELHORIAS
Grupo faz manifestação no pedágio de Lucas cobrando duplicação da BR 163
maio 21, 2022
POLÍCIA
Assaltantes são presos em Lucas do Rio Verde e caminhonete roubada é recuperada
maio 21, 2022