29.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 18 agosto, 2022
Publicidade
InícioECONOMIAGoverno de MT reduz alíquota do ICMS do Gás GLP para o...

Governo de MT reduz alíquota do ICMS do Gás GLP para o menor percentual do Brasil

Diferente do popular gás de cozinha que é comercializado por meio de botijões, o GLP é encanado e tem papel fundamental como combustível sustentável, eficiente e versátil
Texto por CenárioMT

A partir de janeiro de 2022, o gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso industrial e comercial que é vendido em Mato Grosso terá um corte de 5% na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O tributo sairá dos atuais 17% e passará a ser de 12%, o menor percentual do País. A redução foi possível graças a Lei 708/2021, sancionada pelo governador Mauro Mendes esta semana.

A maior parte de empresas, indústrias e também o agronegócio podem se beneficiar do GLP, como a têxtil, na secagem de tecidos e fixação de pigmentos; a alimentícia, na pasteurização e preparo de alimentos e bebidas; agropecuária, na secagem e torrefação de grãos e aquecimento de ambientes; automotiva, na secagem da tinta usada para pintar os veículos; mineradora, como fonte de energia para esteiras e bombas d’água; e gráfica, na secagem do papel preso em máquinas rotativas.

Diferente do popular gás de cozinha que é comercializado por meio de botijões, o GLP é encanado e tem papel fundamental como combustível sustentável, eficiente e versátil.

Mato Grosso já possui a menor alíquota do País no etanol (12,5%) e no gás de cozinha (12%). Agora, além do GLP, terá também a menor alíquota de ICMS sobre a gasolina.

O pacote de redução de impostos do Governo de Mato Grosso é o maior corte de ICMS realizado em todo o País.

Com a lei aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Mauro Mendes, o Estado vai reduzir também o imposto da energia elétrica (de 25% e 27% para 17% a todos os setores), da gasolina (de 25% para 23%), dos serviços de comunicação, como internet e telefonia (de 25% e 30% para 17%), do diesel (de 17% para 16%) e do uso do sistema de distribuição da energia solar (de 25% para 17%).

Deputados de Mato Grosso derrubam veto que impede aumento do IPVA por conta da disparada de preços

 

© CenárioMT
© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

CINEMA NA PRAÇA
Filme produzido em Lucas e que aborda violência doméstica será exibido hoje no Seiti Fujii
agosto 18, 2022
REFORÇADO
Luverdense segue anunciando reforços visando disputa da Copa FMF
agosto 18, 2022
Lucas do Rio Verde
Cras promove Balcão de Empregos em parceria com o Sine em Lucas do Rio Verde
agosto 17, 2022
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: Proposta de inovação é apresentada a prefeito e equipe de secretários durante reunião
agosto 17, 2022