36.1 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 19 setembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGovernador defende inovação “vocacionada” à redução de danos climáticos

Governador defende inovação “vocacionada” à redução de danos climáticos

Em evento, Mauro Mendes afirmou que tecnologia precisa ser usada em prol da sustentabilidade
Por CenárioMT

O governador Mauro Mendes defendeu o uso de tecnologia e inovação de forma vocacionada à produção sustentável e à resolução dos problemas causados pelo aquecimento global.

A defesa foi feita durante a abertura do Fórum Global de Inovação e Tecnologia em Sustentabilidade – FITS Agro, na manhã desta quarta-feira (25.08), na sede da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt).


--Continua depois da publicidade--

“A inovação tem que ser incorporada e vocacionada levando em consideração todos os conceitos de sustentabilidade e para trazer soluções a uma das mais desafiadoras problemáticas que vivemos hoje, que é a questão do aquecimento global. Podemos correr do problema, mas não de suas consequências”, afirmou.

De acordo com o governador, apesar de algumas pessoas ainda duvidarem do tema, o aquecimento global é uma realidade que já tem mostrado efeitos negativos evidentes, inclusive em Mato Grosso.

“Em todas as regiões do planeta vemos que o clima muda, o regime de chuvas muda, regiões estão sendo desertificadas, grandes alterações estão acontecendo e isso está trazendo consequências práticas. No Brasil, o regime de chuvas diminuiu muito, o nosso Pantanal está secando, as nossas lavouras estão sendo prejudicadas e o custo do alimento está subindo. Todas essas mudanças trazem consequências que chegam na mesa e no dia a dia de todos nós. Essas discussões e contribuições podem ajudar, com tecnologia e inovação, para trazer soluções a esses graves problemas”, pontuou.

O Governo de Mato Grosso, conforme Mauro Mendes, tem feito a sua parte para que os efeitos climáticos sejam reduzidos. Exemplo disso é o monitoramento rigoroso do desmatamento ilegal, feito via satélite, que foi implantado já no início da gestão.


--Continua depois da publicidade--

“Um estudo da UFMG [Universidade Federal de Minas Gerais] mostra que nos dois últimos anos 100% dos focos de desmatamento no estado foram autuados por nós. E isso porque conseguimos detectar qualquer desmatamento ilegal acima de 1 hectare. Não há nenhum desmatamento que não possamos identificar e punir os responsáveis”, declarou, ao ressaltar que os alertas de desmatamento no estado, nos últimos 12 meses, reduziram em 21,7%.

Também participaram do evento: o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira; o presidente da Famato, Normando Corral; o ex-ministro da Agricultura e presidente da Abramilho, Alysson Paolinelli; os secretários de Estado César Miranda (Desenvolvimento Econômico) e Nilton Borgatto (Ciência, Tecnologia e Inovação); a diretora de Relações Institucionais da Fits, Alice Abreu; o gerente de negócios da Apex Brasil, Marcio Rodrigues; e o diretor-geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Manuel Otero.

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,324FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Bairro Jaime Seiti Fujii recebe revitalização da sinalização viária
setembro 19, 2021
Lucas do Rio Verde
Sistema Único de Saúde (SUS) completa 31 anos de existência neste domingo
setembro 19, 2021
Lucas do Rio Verde
Pouco mais de 40% dos cadastros de túmulos do Cemitério Municipal foram atualizados
setembro 18, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde é destaque regional por trabalho desenvolvido pela saúde do homem
setembro 18, 2021