23.7 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 01 dezembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTComunidade escolar de Jangada terá shows e oficinas

Comunidade escolar de Jangada terá shows e oficinas

Serão promovidas brincadeiras de fundo de quintal com professores da rede pública de ensino
Por CenárioMT
Nesta quarta-feira (27.10), a tradicional cidade do pastel, terá a “2° Mostra Cultural da Zona Rural de Jangada”, com oficinas de musicalização com instrumentos alternativos, de cerâmica, de artesanato com bonecas de siriri na telha, além de oficina de siriri, animação e atividades recreativas com brincadeiras de quintais à professores da rede pública de ensino. Contará também com a apresentação de rasqueado e siriri com dançarinos do Flor Ribeirinha, e shows locais. Toda programação é gratuita.
 
A Mostra é uma preparação para estender o projeto de valorização da cultura do Vale do Rio Cuiabá, idealizado pelo Instituto INCA-Inclusão, Cidadania e Ação, para que em breve seja desenvolvido na rede pública e privada de ensino dos municípios de Acorizal, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande, que compreendem o Vale do Rio Cuiabá.
 
Também é uma oportunidade para promover o intercâmbio cultural, econômico e social do município de Jangada, localizado a 75 quilômetros de Cuiabá. O evento será realizado na Escola Estadual Arnaldo Estevão de Figueiredo, das 14h às 22h30.
 
As oficinas serão realizadas das 14h as 18h, voltadas a comunidade escolar, entre alunos, pais e responsáveis, além de professores, e as inscrições estão sendo feitas no local do evento.
 
A “Oficina de Musicalização com Instrumentos Alternativos” será realizada pelo músico e instrutor, Anselmo Parabá, para alunos de 13 a 17 anos de idade; de “Cerâmica” pela mestra Dona Domingas, Doutora Honoris Causa (reconhecimento às ações de preservação do patrimônio cultural mato-grossense, a artesã, artista popular e incentivadora da cultura tradicional ribeirinha, pela Universidade Federal de Mato Grosso) e de “Artesanato com Bonecas de Siriri na Telha”, com Edilaine Domingas, ambas oficinas para alunos a partir de 12 anos de idade.
 
Já a “Oficina de Siriri” será para toda a comunidade sem restrição de idade. Ainda terá animação e atividades recreativas e brincadeiras de quintais, para os professores de 10 escolas das redes de ensino estadual e municipal da cidade e zona rural, com a Comadre Sebastiana, interpretada pelo artista cuiabano Weber Fraga.
 
“Eu vou trazer as brincadeiras, principalmente na primeira infância, a importância de se brincar livre, utilizando recursos naturais que as crianças tem no fundo de casa, na escola, na área verde, explorando todos os ambientes. Hoje percebemos que as crianças estão muito envolvidas com a tecnologia. Tudo é filme na televisão, joguinhos no celular, sem contar o whatsapp. E para mim o lugar da criança é na rua brincando, no fundo de quintal, na educação física. Por isso vou sugerir aos professores que resgatem essas brincadeiras, como a cantiga de roda, como o pique-pique, a bolita, entre outras, explorando o sensorial das crianças: olfato, visão, paladar”, destaca Fraga, que é ator formado em Humor pela SP Escola de Teatro, Educação Física, especializado em danças e didática do ensino superior.
 
Para o ator, as brincadeiras de fundo de quintal promovem o desenvolvimento da psico motricidade das crianças, das habilidades naturais, onde desenvolvem a arte, o desenvolvimento motor, cognitivo social e afetivo da criança.
 
 
“Quem que não lembra dos quitutes? Em que a gente fazia no fundo do quintal, com dois tijolinhos. É a bola de gude, o rouba bandeira, subir em árvore, correr com pneu. Esse é o meu objetivo: sensibilizar esses professores fazendo com que eles voltem a ser criança, trazendo tudo isso, além da arte, o teatro e a dança. Para que eles ensinem as crianças a serem  protagonistas de sua própria história, porque ela terá uma consciência corporal, junto com o trabalho da disciplina, das regras, da convivência e relações humanas, preparando a criança para o mundo”, conclui.
 
A personagem Comadre Sebastiana tem um quadro na TV Mato Grosso, canal 27, e fará uma chamada ao vivo, direto de Jangada, convidando para o evento, às 14h. 
 
A partir das 19h a programação segue até às 22h30, com a apresentação de Alsemo Parabá com as crianças da oficina realizada a tarde, e shows das bandas locais: Vicente e Jaó, Cristian de Paula, Top Suing, Mano Boys, Junior de Paula e Dario dos Teclados, além da apresentação de Rasqueado e Siriri com dançarinos do Flor Ribeirinha.
 
A primeira “Mostra Cultural da Zona Rural de Jangada” aconteceu em fevereiro de 2019, antes da pandemia da Covid-19.
 
O projeto é uma realização do Instituto INCA, patrocinado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), via emenda parlamentar do deputado estadual Eduardo Botelho, no valor de R$ 50 mil, com o apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).
© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,360FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,093SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Em Lucas
Polícia investiga furto de carga de materiais recicláveis avaliada em R$ 15 mil
novembro 30, 2021
SUSPEITO DO PÁLIO PRETO
Homem com diversas passagens é preso após roubo em Lucas do Rio Verde
novembro 30, 2021
EDUCAÇÃO
Assessoria Pedagógica de Lucas do Rio Verde será transformada em Núcleo Regional de Educação 
novembro 30, 2021
Lucas do Rio Verde
Celebrações de Ano Novo em Lucas do Rio Verde não serão realizadas por precaução sanitária
novembro 30, 2021