18.4 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 13 junho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTCom ação popular, praças Clovis Cardoso e Santos Dumont ganham árvores do...

Com ação popular, praças Clovis Cardoso e Santos Dumont ganham árvores do Cerrado

Iniciativa é parte do pacote de ações da Feira Gaia, contemplada no edital Mato Grosso Criativo, realizado pela Secel
Por CenárioMT

A partir de uma iniciativa popular, as praças Clovis Cardoso e Santos Dumont, em Cuiabá, ganharam novas árvores no fim de semana. Como parte do pacote de ações que antecedem a Feira Gaia, as idealizadoras do projeto, Adriana Milano e Bruna Epaminondas convocaram grupo de voluntários para realizar o plantio de 30 mudas de diversas espécies nativas do Cerrado. Entre elas, jacarandá, bacupari, jenipapo, pitomba, pequi, caju, goiaba e ipês branco, amarelo e rosa.

A atividade soma às iniciativas da semana do Meio Ambiente e tem tudo a ver com a proposta da feira que chega à terceira edição e reúne empreendedores criativos que comercializam produtos pautados por práticas e materiais mais sustentáveis. A Feira Gaia é um dos projetos selecionados no edital Mato Grosso Criativo, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).


--Continua depois da publicidade--

A Feira Gaia ocorre no dia 10 de julho, das 16h às 23h, no Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Este ano, ao adotar o tema “Povos Originários”, lança um alerta para a situação de emergência dos indígenas do Brasil, cujas comunidades têm sido alvo de constantes ameaças, como invasões, exploração de recursos naturais de seus territórios e investidas legislativas.

Inspiradas por esses que são os guardiões da floresta viva, a dupla de realizadoras quer que Cuiabá, capital de um Estado da Amazônia, também faça jus à alcunha de Cidade Verde. “Somos mesmo idealistas e queremos contribuir para um mundo melhor e mais sustentável para as próximas gerações”, declara Adriana Milano.

Bruna explica que a campanha de plantio de árvores, incentivou moradores a se tornarem guardiões dessas árvores que vão trazer mais verde, flores e até frutos para o cenário urbano.

“Convidamos moradores do entorno das praças a adotarem uma árvore e cuidar regando, e fazendo a limpeza. Toda ajuda é bem-vinda. Acreditamos em um mundo marcado pela coletividade e colaboração”, diz Bruna.


--Continua depois da publicidade--

Apoiador da iniciativa e voluntário da ação de plantio, Rafael Souza, da Verde que te quero Verde Paisagismo, ressalta que as árvores conseguem aplacar o calor. Pois se Cuiabá é chamada Cidade Verde, também tem fama nacional por suas altas temperaturas.

Ele explica que as árvores têm um papel fundamental no ciclo das chuvas e também, com sua sombra, conseguem reduzir a temperatura em até 5 graus. “E do viés social, uma iniciativa voluntária como essa fica guardada na nossa memória. Vou passar pelas praças e lembrar das árvores que ajudei a plantar e que não sou eu quem vou usufruir delas agora, mas sim, as gerações futuras. A gente tem que pensar qual o mundo que queremos e precisamos mudar o curso agora”, diz Rafael, que também participa da 3ª edição da Feira Gaia.

Adriana Milano e Bruna Epaminondas têm realizado uma série de ações voltadas à temática ambiental. Até o momento foram realizadas duas campanhas em prol dos povos indígenas, em parceria com o fotógrafo José Medeiros e Instituto Ecos e Museu Dom Aquino.

Quer saber mais sobre quais os empreendedores que participarão da nova edição? Basta acessar as redes sociais da Feira Gaia, no Instagram (@feiragaia) e Facebook (fb/feiragaia).


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Estrutura esportiva de Lucas do Rio Verde é destaque durante competição de futsal
junho 12, 2021
COPA DO BRASIL DE FUTSAL
Equilibrado, confronto entre G.Santos x Juventude é decidido nos últimos segundos da prorrogação
junho 12, 2021