Weverton pede pressa na deliberação de vetos pelo Congresso

Senador afirmou que os parlamentares estão ansiosos para deliberar sobre os vetos presidenciais e pediu empenho dos líderes para colocar textos em votação

0
Leopoldo Silva/Agência Senado

Ao fim da sessão deliberativa remota desta terça-feira (7), o senador Weverton Rocha (PDT-MA) disse esperar que em 16 de julho o Congresso possa deliberar sobre os vetos presidenciais pendentes. Ele expressou o interesse do Legislativo, cujos parlamentares estão “ansiosos” para tratar de vários itens vetados, mas ressalvou que as lideranças deverão tratar cada caso conforme suas particularidades.

— Espero que todos os líderes se sentem, em especial a oposição e o governo, e tentem fazer um pré-acordo para que, no dia em que for instalada a sessão, seja possível analisar o máximo possível [de vetos], mas sem prejudicar os itens — disse o senador.

Profissionais de saúde

Weverton também sublinhou a elevada produção do Senado desde a instituição da sessão remota — um exemplo que, observou, tem sido copiado em Parlamentos em todo o mundo. Ele cumprimentou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pela sensibilidade de agendar para esta quarta-feira (7) a discussão de uma pauta exclusiva em atendimento às mulheres. E destacou a aprovação, na sessão desta terça, do PL 1.826/2020, que garante o pagamento de indenização a profissionais de saúde que ficarem incapacitados para o trabalho depois de serem contaminados pelo novo coronavírus.

— A sociedade não ficou desamparada na discussão das graves consequências de uma profunda crise sanitária e econômica — declarou.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (19/09/2020)


Amazonia 03 de Junho