20.9 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 15 junho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIAWellington Fagundes visita indústria para verificar condições de produção de vacina

Wellington Fagundes visita indústria para verificar condições de produção de vacina

Relator da comissão, o senador Wellington Fagundes (à esq.) visitou indústria em Cravinhos (SP), junto com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

Wellington Fagundes (PL-MT), relator da Comissão Temporária Covid-19, visitou nesta sexta-feira (21) as instalações da indústria Ourofino, em Cravinhos (SP), para verificar de perto as condições da produção de vacina no Brasil. Ele estava acompanhado pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e da ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, além de representantes de vários órgãos e entidades.

O laboratório Ourofino produz vacinas veterinárias e é uma das indústrias que operam com nível máximo de biossegurança estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Sua planta industrial tem capacidade para produzir vacinas para imunização da população contra o novo coronavírus, além de outras duas empresas: Merck Sharp & Dohme, em Valinhos (SP); e Ceva Saúde Animal, em Juatuba (MG).


--Continua depois da publicidade--

A proposta do senador é tornar o Brasil autossuficiente na produção de vacinas contra a covid-19 em laboratórios de saúde animal.

— Estamos otimistas, em busca de soluções e trabalhando nesse sentido porque o Brasil precisa e tem condições de produzir vacinas aqui mesmo, em quantidade suficiente para atender toda a população brasileira. Também podemos ajudar os demais países da América Latina — frisou Wellington Fagundes.

Marcelo Queiroga confirmou que a planta industrial tem tecnologia altamente avançada.

— Hoje, buscamos aqui conhecer melhor as instalações da empresa e verificar a possibilidade em um curto prazo, temos vacinas contra a covid-19 produzindo neste parque” — afirmou o ministro.


--Continua depois da publicidade--

Ainda não há um prazo para que os laboratórios que produzem insumos de saúde animal possam começar a fabricar vacinas anti-covid. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já iniciou as visitas técnicas aos laboratórios.

O senador ressaltou que a iniciativa vem sendo feita por etapas e a principal delas diz respeito à transferência de tecnologia para que essas indústrias possam produzir o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA).

Conforme o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan), havendo autorização e transferência de tecnologia, o setor pode produzir mais de 400 milhões de doses de vacinas contra a covid-19.

Outra etapa de trabalho para fazer o Brasil produzir vacinas é a aprovação do Projeto de Lei (PL) 1.353/2021, de Wellington Fagundes, já aprovado pelo Senado e que espera aprovação da Câmara dos Deputados. A proposta autoriza o uso das plantas industriais e determina que, para desempenhar a atividade, as empresas dependerão do aval da Anvisa e também estarão sob fiscalização do órgão.


- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

INFRAESTRUTURA
Lucas do Rio Verde: “Projeto vem dar mais dignidade aos nossos caminhoneiros”, diz Albieri
junho 15, 2021
Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021