26.5 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 26 novembro, 2020
Início CENÁRIO POLÍTICO DIRETO DE BRASÍLIA Senado apresenta sistema de deliberação remota para parlamentos de língua portuguesa

Senado apresenta sistema de deliberação remota para parlamentos de língua portuguesa

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, conduz sessão do Plenário remota a partir da sala de controle da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen)
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

O Senado brasileiro participou de webinar promovido pela Associação dos Secretários-Gerais dos Parlamentos de Língua Portuguesa (ASG-PLP) e apresentou o sistema deliberativo remoto utilizado pela Casa. O evento on-line aconteceu na manhã de terça-feira (21) e teve como tema “A adaptação dos serviços parlamentares em tempos de crise”. Participaram também membros do Poder Legislativo de Angola, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Para o secretário-geral da Mesa adjunto do Senado Waldir Bezerra Miranda, que representou o Senado no evento, “foi bastante interessante e produtivo por possibilitar a troca de experiências sobre como cada um se adaptou ao novo cenário mundial. Percebemos que o Parlamento brasileiro conseguiu resposta muito rápida e eficiente nesse contexto”. Ele lembrou que o Senado tem funcionado de forma ininterrupta e, nas sessões deliberativas remotas, as matérias relacionadas à pandemia tramitam com rito de urgência e atendem a todas as determinações do Regimento Interno do Senado Federal (RISF).

O webinar substituiu a sétima edição do Curso de Formação Interparlamentar, promovido pela Assembleia de Portugal anualmente. Em 2020, o evento deveria ter sido realizado presencialmente em maio, em Lisboa, mas teve de ser cancelado em virtude da pandemia de covid-19.

Ponto a ponto

Durante a sua fala, Waldir destacou a implementação do Sistema de Deliberação Remota (SDR), que criou uma plataforma digital para os debates e votações do Parlamento e trouxe todas as ferramentas de acessibilidade e segurança necessárias para garantir o andamento e legitimidade das sessões. Para as votações, por exemplo, o parlamentar precisa inserir sua chave de acesso, tirar uma foto após o voto e inserir um código alfanumérico recebido por celular para validá-lo.

Também foi destacada a implementação da comissão mista que acompanha as medidas relacionadas à covid-19, a única em funcionamento no Congresso Nacional. O colegiado foi criado pelo Decreto Legislativo 6/2020, o mesmo que declarou estado de calamidade pública no país em razão do novo coronavírus.

Segundo o secretário-geral adjunto, entre as funções importantes da comissão está, por exemplo, o acompanhamento da situação fiscal e da execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas à pandemia.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Eleições 2020: 1,3 km da Avenida do CPA será interditado no sábado e domingo

CUIABÁ - A Justiça Eleitoral de Mato Grosso informa que fará a interdição de 1,3 km da Avenida Rubens de Mendonça (AV. do CPA)...

Eleitores só podem ser presos em flagrante

Eleitores de Cuiabá, onde haverá votação não poderão ser presos ou detidos. A regra consta que desta terça-feira (24) a cinco dias do segundo...

Acidente com ônibus em São Paulo: vítimas foram arremessadas do ônibus

O acidente entre um ônibus e um caminhão que deixou 41 mortos na manhã de ontem, quarta-feira (25) em Taguaí (SP), aconteceu no km...

Ex-deputado Leitão condena post de Eduardo Bolsonaro, com críticas à China

O ex-deputado federal por Mato Grosso, Nilson Leitão (PSDB) criticou declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sobre a China. Segundo Leitão, são “desnecessárias” e causam “dor...
Publicidade
x