27.4 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 04 dezembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIASancionado crédito suplementar de R$ 3 bilhões para 12 ministérios

Sancionado crédito suplementar de R$ 3 bilhões para 12 ministérios

Por

O presidente Jair Bolsonaro sancionou na terça-feira (23) a Lei 14.246, confirmando crédito suplementar superior a R$ 3 bilhões para programas de 12 ministérios. O destaque foi o Ministério do Desenvolvimento Regional, que ficou com R$ 1 bilhão para obras de infraestrutura hídrica e desenvolvimento urbano.

Outros ministérios receberam os seguintes créditos suplementares:


--Continua depois da publicidade--
  • R$ 642,1 milhões para a Agricultura: para fomento a pequenos e médios produtores; subvenção ao Seguro Rural para 14 mil produtores; estruturação e manutenção do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA), para ações que garantam o comércio internacional e a comercialização de produtos no mercado interno; e outras ações.
  • R$ 327 milhões para a Saúde: para ampliação, construção, reforma e aquisição de equipamentos de atenção especializada do SUS; construção de Unidade de Atenção Especializada em Palmeiras das Missões (RS); para o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD); e outras ações.
  • R$ 276 milhões para a Economia: para contratos de serviços de tecnologia em funcionamento, como o Login Gov.br; manutenção do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o e-Social; e funcionamento de unidades da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e da Secretaria do Trabalho.
  • R$ 290 milhões para a Cidadania: para  investimentos em comunidades terapêuticas para tratamento de pessoas com problemas de uso e abuso de substâncias psicoativas; para o Complexo Esportivo da Barra, no Rio de Janeiro; e execução do EquipaSUAS, que tem como objetivo ampliar o acesso do cidadão a serviços sócio-assistenciais de qualidade com recursos humanos, e imóveis adequados para unidades de proteção social e especial do Sistema Único de Assistência Social (Suas).
  • R$ 100 milhões para a Educação: execução de mais de 1,6 mil unidades escolares aprovadas no Plano de Ações Articuladas; e outras ações.
  • R$ 71,9 milhões para a Justiça e Segurança Pública: realização de curso de formação profissional para provimento de 1,5 mil vagas de policial rodoviário federal; suporte ao policiamento e à inteligência policial; custeio de atividades essenciais às 11 Frentes de Proteção Etnoambiental.
  • R$ 3,9 milhões para as Minas e Energia: reforma do prédio-sede da Agência Nacional de Mineração (ANM), que não cumpria normas de segurança contra incêndios, segundo o Corpo de Bombeiros do DF.
  • R$ 65 milhões para a Infraestrutura: continuidade dos serviços de construção de trecho rodoviário na divisa BA-PI e PI-MA na BR-235; pagamento de obras em andamento nos aeroportos de Bom Jesus (PI), Governador Valadares (MG), Joaçaba (SC), Aracati (CE) e Passo Fundo (RS).
  • R$ 106 milhões para a Defesa: para combustível, munição e material permanente destinado à instrução militar do Exército.
  • R$ 30 milhões para o Turismo: para contratação de obras de infraestrutura turística, referente às propostas cadastradas na plataforma Mais Brasil.

O projeto que autorizou o crédito suplementar (PLN 35/2021, proposto pelo Poder Executivo) foi aprovado pelo Congresso no dia 11 deste mês. 

Redes sociais

107,348FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,096SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Prefeitura de Lucas do Rio Verde apresenta projeto de ajuste no PCCS
dezembro 04, 2021
Lucas do Rio Verde
Campanha do Laço Branco terá roda de conversa sobre tema nesta segunda-feira (06)
dezembro 04, 2021
Lucas do Rio Verde
Pesquisa de opinião sobre os cursos da UFMT em Lucas termina nesta segunda (06)
dezembro 04, 2021
Lucas do Rio Verde
Estrutura da rede municipal de educação atrai visita de assessores de Sergipe
dezembro 03, 2021