22.8 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 09 dezembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIAProjeto que exclui tributos nos repasses de cooperativas de prestação de serviço...

Projeto que exclui tributos nos repasses de cooperativas de prestação de serviço está na pauta do Plenário

Por

O Plenário do Senado pode votar nesta quinta-feira (25) projeto que permite que as cooperativas de prestação de serviços de representação comercial excluam da base de cálculo da contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) os valores repassados aos seus cooperados em decorrência de serviços prestados em nome da cooperativa.

A proposta (PL 4.726/2020), do senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado, visa conferir segurança jurídica às cooperativas de representação comercial, garantindo isonomia tributária com outras modalidades de cooperativas.


--Continua depois da publicidade--

Para Pacheco, a cobrança de PIS/Pasep e Cofins dos valores repassados aos cooperados pessoas físicas tem “histórico legislativo bastante complexo, além de uma jurisprudência instável”. O senador entende que essa tributação é lesiva à economia como um todo ao prejudicar a realização de negócios e a geração de postos de trabalho.

Energia

Também deve ser votado o  projeto que institui o marco legal da microgeração e da minigeração distribuída, modalidade que permite aos consumidores produzirem a própria energia a partir de fontes renováveis, como solar fotovoltaica, eólica, centrais hidrelétricas e biomassa.

O PL 5829/2019, de autoria do deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), também estabelece o Sistema de Compensação de  Energia  Elétrica  (SCEE) e o Programa  de  Energia  Renovável  Social (Pers).

Aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 18, o texto é o substitutivo do relator, deputado Lafayette de Andrada (Republicanos–MG), e estipula uma transição para a cobrança de encargos e tarifas de uso dos sistemas de distribuição por parte dos micro e minigeradores de energia elétrica.


--Continua depois da publicidade--

Pezinho

Outro item da pauta é o projeto que amplia o alcance do teste do pezinho (PL 3.681/2021). O texto modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA – Lei 8.069, de 1990), para incluir no rol do teste do pezinho doenças como distrofias musculares e outras enfermidades neuromusculares.

O projeto é de autoria da senadora Mara Gabrili (PSDB-SP) e relatado pela senadora Nilda Gondim (MDB-PB).

Mara aponta que é importante que os testes de rastreamento sejam realizados também para a detecção de distrofias musculares, como as de Duchenne e de Becker, bem como para outras doenças neuromusculares como a atrofia muscular espinhal, recentemente inserida no rastreamento. 

Redes sociais

107,354FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,101SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Ferrovia é tema do 1° Torneio de Robótica de Lucas do Rio Verde
dezembro 08, 2021
REFORÇOS
Luverdense usa redes sociais para anunciar elenco para a temporada 2022
dezembro 08, 2021
Ferrovia de Integração Estadual
Audiência pública sobre a ferrovia acontece na próxima segunda-feira (13)
dezembro 08, 2021
COMÉRCIO
Horário estendido para funcionamento do comércio começa hoje em Lucas do Rio Verde
dezembro 08, 2021