30.2 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 16 setembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIAPessoas com neurofibromatose ganham benefícios sociais em projeto aprovado na CAS

Pessoas com neurofibromatose ganham benefícios sociais em projeto aprovado na CAS

Projeto teve parecer favorável do relator, senador Paulo Rocha (PT-PA)
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, nesta terça-feira (31), o projeto de lei (PL 410/2019), que equipara a neurofibromatose às deficiências física e intelectual para concessão de direitos e benefícios. A proposta já foi aprovada na Câmara dos Deputados. Se aprovada pelo Plenário do Senado, o projeto seguirá para sanção presidencial.

No Brasil, um em cada cinco mil habitantes é afetado pela neurofibromatose, um conjunto de problemas genéticos que atingem principalmente a pele e o sistema neurológico, atraso no crescimento e na aprendizagem, defeitos ósseos e uma série de outros danos à saúde. Ainda não há tratamento eficiente para a cura.


--Continua depois da publicidade--

De autoria do deputado Sérgio Vidigal (PDT- ES), a proposta ainda prevê estudos para a criação de um cadastro único das pessoas afetadas, com informações sobre condições de saúde e de necessidades assistenciais, acompanhamentos clínicos, assistencial e laboral e mecanismos de proteção social. Com isso, poderão ser implementadas ações de saúde e de proteção social voltadas a essa parcela da população.

Para o relator da matéria na CAS, senador Paulo Rocha (PT-PA), esses brasileiros precisam receber a mesma proteção dada às pessoas com deficiência.

— É um projeto muito simples, só tem quatro artigos. Mas ele tem um alcance humano muito importante. Essa síndrome, leva a deficiências físicas e intelectuais e a lei tem um efeito jurídico muito importante em todo o país – destacou.

A senadora e médica Zenaide Maia (Pros-RN) explicou que as pessoas com neurofibromatose sofrem muitos problemas físicos e psicológicos. Para ela, a lei já deveria beneficiar as vítimas da doença.


--Continua depois da publicidade--

— Algumas dessas pessoas, muito antigamente, eram usadas em circos. Tem um filme mostrando os problemas físicos e psicológicos que elas sofrem. Esse projeto é mais do que justo! Eu achava que já haviam esses direitos, porque é uma dificuldade: o aspecto não é agradável à visão das pessoas e também, principalmente, as lesões neurológicas – ressaltou.

Redes sociais

107,321FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

apresentação de contas
Campanha da Expolucas arrecada R$ 32 mil para Apae e famílias de vítimas da Covid-19
setembro 16, 2021
ferrovia estadual de MT
Prefeito de Lucas do Rio Verde destaca agilidade do Governo para construção da 1ª ferrovia estadual de MT
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Saúde imuniza 1.500 jovens de 20 anos ou mais contra a Covid-19 em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Jovens de 12 a 17 anos com comorbidades devem fazer o pré-cadastro para vacinação em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021