22.4 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 26 outubro, 2020
Início CENÁRIO POLÍTICO DIRETO DE BRASÍLIA Pandemia afetou diagnóstico e tratamento do câncer de mama no SUS

Pandemia afetou diagnóstico e tratamento do câncer de mama no SUS

Especialistas em saúde dizem é hora de retomar os atendimentos; deputada, porém, afirma que não há recursos para atender à demanda reprimida
Por Redaçao CenarioMT com inf. Ag camara

O Ministério da Saúde reforça esse apelo. Segundo Antonio Braga, Diretor do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas da pasta, há uma orientação para que, na atenção primária, haja atendimento imediato para mulheres que apresentem alterações na mama, mesmo sem horário marcado. Mas a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde, tem dúvidas sobre a capacidade dos municípios de responder a essa demanda, que ficou tanto tempo represada.

“Lamentavelmente, a partir do momento que houve mudança na forma de financiamento das mamografias de rastreamento, o recurso pra mamografia de rastreamento disputa com todos os outros recursos do SUS. No ano que vem vai ser pior. Temos 60% dos procedimentos que não foram realizados neste ano. Nós não vamos conseguir atender a demanda reprimida que já existia mais a demanda reprimida deste ano se não tivermos outra forma de financiamento”, alertou.

Cirurgia adiada
Em novembro de 2017, a diarista Márcia Fernandes da Cruz percebeu as primeiras alterações na mama. O primeiro médico que a atendeu disse que o quadro era normal, mas o inchaço chamou a atenção de uma enfermeira, que a encaminhou a um mastologista. Desde dezembro de 2019, Márcia aguarda para fazer a cirurgia de retirada do tumor. A espera só aumentou com a pandemia.

“Em dezembro, o hospital universitário programou a cirurgia e me mandaram aguardar até fevereiro. Mas não me ligaram. Quando eu ligava, diziam que a fila estava enorme e eu tinha que aguardar. Quando veio a pandemia, a cirurgia ficou suspensa. Tive quatro consultas canceladas. Fiquei de fevereiro, quando foi a última quimio, até agosto sem tratamento nenhum. O nódulo da axila cresceu bastante a ponto de estourar e ulcerar”, relatou durante o debate.

Outubro Rosa
O debate, mediado pela deputada Liziane Bayer (PSB-RS), faz parte da programação do Outubro Rosa 2020 e tem o apoio da Primeira-Secretaria e da Comissão dos Direitos da Mulher da Câmara, em parceria com o Senado, por meio da Procuradoria Especial da Mulher, da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher, do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça e da Liga do Bem.

Reportagem – Verônica Lima
Edição – Ana Chalub



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Grêmio vira sobre o Athlético-PR fora de casa e soma três pontos no Brasileirão

O Grêmio venceu o Athlético-PR em partida válida pela 18º rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Com gols contra do zagueiro Thiago Heleno e do...

Inter empata com o Flamengo no Beira-Rio

Inter e Flamengo empataram por 2 a 2 no Beira-Rio, na noite deste domingo (25/10), em partida da 18ª rodada do Brasileirão. Marcado por...

Série B: Em Recife, Cruzeiro apenas empata com Náutico

O Cruzeiro ficou no empate de 1 a 1 com o Náutico, na tarde deste domingo (25) no estádio dos Aflitos, em Recife, em...

Ciclista morre atropelado por caminhão na BR-364, em Mato Grosso

Uma pessoa morreu após acidente envolvendo um ciclista e um veículo de carga, na manha deste domingo (25). A vítima não foi identificada. A tragédia...