23.6 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 17 setembro, 2021
InícioDIRETO DE BRASÍLIANO SENADOMinistro das Comunicações fala ao Senado sobre internet nas escolas

Ministro das Comunicações fala ao Senado sobre internet nas escolas

Fábio Faria disse que o leilão do 5G deverá atender escolas sem internet em cidades com mais de 600 habitantes. As com menos, serão atendidas pelo programa Wi-Fi Brasil.
Por Agência Brasil - Brasília

A comissão que debate as ações no enfrentamento à covid-19 no Senado recebeu hoje (2) o ministro das Comunicações Fábio Faria. Os senadores queriam ouvir do ministro as providências do governo federal para a instalação de internet nos estabelecimentos de ensino, no esforço de retorno às aulas de maneira segura. Faria afirmou que o leilão do 5G deverá atender as escolas sem acesso à internet.

“Hoje nós temos 40 milhões de pessoas sem internet no país. Nós temos hoje, no Brasil, 140 mil escolas. O leilão de 5G vai atender 100 % das escolas”, disse o ministro. Ele explicou que das 140 mil escolas, 79 mil são urbanas com internet e 6 mil são urbanas sem internet. Essas 6 mil urbanas, afirmou ele, receberão internet nos dois primeiros anos dos investimentos que as operadoras vencedoras do leilão 5G deverão fazer.


--Continua depois da publicidade--

Já as escolas rurais sem conexão com a internet somam 30 mil. A ideia também é conectar ao 5G todas as escolas rurais em localidades com 600 habitantes ou mais. As localidades com menos de 600 pessoas terão a internet via satélite, pelo programa Wi-Fi Brasil.

O programa Wi-Fi Brasil tem instalado pontos de internet via satélite banda larga e de alta velocidade em regiões remotas do país. “Conectamos 10 mil escolas com o Wi-Fi Brasil através da parceria com a Telebras. Levamos antenas da Telebras para escolas, Unidades Básicas de Saúde e praças. São 14 mil pontos, mas 10,5 mil pontos foram em escolas rurais. E o nosso foco é destinar em torno de 80% dos pontos para terminarmos de levar conexão para todas as escolas”, disse o ministro. A meta é terminar a conexão de escolas pelo Wi-Fi Brasil até julho de 2022.

Ao final desse trabalho, ele estima que apenas escolas sem acesso à energia elétrica não serão atendidas. “Teremos menos de 10 mil escolas que ficarão sem internet no Brasil, que são escolas em localidades muito remotas, muito pequenas, que não têm energia elétrica”.

Edição: Aline Leal


--Continua depois da publicidade--
Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,319FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

apresentação de contas
Campanha da Expolucas arrecada R$ 32 mil para Apae e famílias de vítimas da Covid-19
setembro 16, 2021
ferrovia estadual de MT
Prefeito de Lucas do Rio Verde destaca agilidade do Governo para construção da 1ª ferrovia estadual de MT
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Saúde imuniza 1.500 jovens de 20 anos ou mais contra a Covid-19 em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Jovens de 12 a 17 anos com comorbidades devem fazer o pré-cadastro para vacinação em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021