18.1 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 julho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIACor amarela na fachada do Congresso lembra campanha contra hepatites virais

Cor amarela na fachada do Congresso lembra campanha contra hepatites virais

Cúpula do Senado iluminada, em julho de 2017: prédio volta a receber luz especial nesta terça
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

O Congresso Nacional será iluminado com a cor amarela, a partir da noite desta terça-feira (20), em apoio ao Julho Amarelo, campanha nacional de combate às hepatites virais. O pedido partiu do Ministério da Saúde e dos deputados Alexandre Padilha (PT-SP) e Bozzella (PSL-SP). A iluminação especial vai até dia 30.

O Julho Amarelo foi instituído no Brasil pela Lei 13.802, de 2019. Segundo o Ministério da Saúde, a finalidade da data é reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais, inflamação do fígado causada por vírus.


--Continua depois da publicidade--

Coordenador da Frente Parlamentar Mista de Combate às Hepatites Virais, o deputado Bozzella foi um dos articuladores da decisão do Ministério da Saúde, em 2020, que ampliou o acesso ao tratamento da doença, ao abreviar o tempo entre a prescrição médica e o recebimento dos medicamentos pelo paciente. A demanda fazia parte das iniciativas do Movimento Brasileiro das Hepatites e do Grupo Esperança, de apoio às pessoas com hepatite viral.

Veículos do Senado

A campanha de prevenção da doença também vem sendo abordada nos veículos de comunicação do Senado. No dia 2 de julho, o programa Conexão Senado, que vai ao ar de segunda a sexta-feira na Rádio Senado, entrevistou a médica Liliana Sampaio, hepatologista do Hospital de Base de Brasília e representante da Sociedade Brasileira de Hepatologia no Distrito Federal. Ela falou dos sintomas da doença e apresentou orientações para diagnóstico, prevenção e tratamento de hepatites virais.

A Rádio Senado também preparou uma campanha com três spots de um minuto cada, com a participação da médica Liliana Sampaio, para mostrar o que é a doença, como ocorre a transmissão e a importância de pessoas com mais de 40 anos fazerem o teste para verificar se têm o vírus. As peças podem ser baixadas e veiculadas gratuitamente pelas emissoras conveniadas à RadioAgência.

Na TV Senado, o Julho Amarelo foi tema do programa Cidadania no dia 12. Na entrevista, o médico hepatologista do Hospital Sírio-Libanês em Brasília Adriano Moraes, embaixador do Instituto Brasileiro do Fígado (Ibrafig), falou sobre o tratamento pelo SUS das hepatites B e C e os testes disponíveis para a doença em postos de saúde. A campanha foi tema também do Revista da Semana da última sexta-feira (16). E os vídeos do Ibrafig estão sendo veiculados desde o dia 1º de julho na programação da emissora.


--Continua depois da publicidade--
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

LUCAS DO RIO VERDE
Policiais prendem homem armado após tentativa de invasão a motel em Lucas do Rio Verde
julho 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021