21.8 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 20 abril, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIACongresso recebe nesta quarta projeção em homenagem ao Dia do Holocausto

Congresso recebe nesta quarta projeção em homenagem ao Dia do Holocausto

Projeção da frase "Holocausto Nunca Mais" nas torres do Congresso, feita no ano passado
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

Os prédios do Congresso Nacional receberão, nesta quarta-feira (7), a projeção da frase “Holocausto Nunca Mais”, em alusão ao Dia do Holocausto e do Heroísmo ou Iom HaShoá VehaGvurá (em hebraico). A data lembra o genocídio provocado pelos nazistas contra 6 milhões de judeus e outras minorias. A projeção foi solicitada pela Confederação Israelita do Brasil (Conib).

A diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, disse que a data não apenas traz à lembrança que o Holocausto existiu e jamais deve se repetir, mas também lembra à sociedade que não se pode permitir qualquer tipo de intolerância.


--Continua depois da publicidade--

— É necessário recordar o Holocausto para que ele nunca mais aconteça. Não é para que nunca mais aconteça algo especificamente com o meu povo, porque eu sou judia — ressalta Ilana. — É para que nunca mais aconteçam a intolerância, o desrespeito e a iniquidade. É para que nós saibamos construir um mundo em que possamos respeitar as diferenças. Nesse caso foi uma diferença religiosa, mas pode ser qualquer diferença. Holocausto nunca mais, porque a intolerância não pode ser aceita por uma sociedade no século XXI.

Claudio Lottenberg, presidente da Conib, ressalta que a frase “Holocausto Nunca Mais” lembra como aquele foi um evento único e terrível na história da humanidade, que deve ser lembrado e compreendido profundamente para que nunca se repita contra qualquer grupo em qualquer lugar do mundo. Para ele, a compreensão correta dessa catástrofe ganha ainda mais relevância neste momento em que vivemos, “de propagação do ódio e das fake news”.

— Nós, judeus, assim como outros povos perseguidos, somos vítimas de ataques caluniosos e odiosos há séculos, com consequências terríveis. O que mudou agora, para pior, é a eficiência e a rapidez com que essas mentiras podem se disseminar com as novas formas de comunicação, tantas vezes anônimas e impunes. A comunidade judaica brasileira está engajada na defesa da democracia e da tolerância, pois sabemos muito bem que sem elas estaremos de novo nas trevas — afirma Lottenberg.

Este é o quarto ano em que o Congresso Nacional participa da iniciativa. A primeira projeção, em 2018, foi solicitada pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), então presidente do Senado, que também é judeu.


--Continua depois da publicidade--

- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

CAMPEONATO MATO-GROSSENSE
Lec x Nova Mutum iniciam disputa por vaga na semifinal no domingo (25)
abril 19, 2021
CÂMARA DE VEREADORES
Lucas: Projeto que prevê auxílio financeiro a empresas afetadas pela pandemia começa a tramitar
abril 19, 2021