23.3 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 19 janeiro, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIACDH debaterá dados sobre violência contra a mulher na pandemia

CDH debaterá dados sobre violência contra a mulher na pandemia

Por

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) fará audiência pública interativa nesta quinta-feira (9) para apresentar e debater os dados sobre a violência contra a mulher durante a pandemia. A reunião estava inicialmente marcada para o dia 2 de dezembro, mas foi reagendada e está prevista para começar às 14h30 de forma remota.

O requerimento para a audiência é da senadora Leila Barros (Cidadania-DF), procuradora da Mulher no Senado, que na justificativa declarou ser necessário divulgar, dar conhecimento e discutir os dados, segundo os quais a violência contra a mulher cresceu durante a pandemia da covid-19.


--Continua depois da publicidade--

Dados

O DataSenado, instituto de pesquisa vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal, entrevistou 3 mil mulheres, de outubro a novembro deste ano, e 27% das entrevistadas declararam já ter sofrido algum tipo de violência doméstica ou familiar por um homem. 

Durante a pandemia, na qual grande parte da população ficou em casa com objetivo de conter os casos do novo coronavírus, 49% das entrevistadas responderam que as situações de violência se tornaram mais frequentes, e 44% relataram que se tornaram mais graves.

Foram convidados a participar: Maria Teresa Firmino Prado Mauro Fröner, Coordenadora do Observatório da Mulher contra a Violência do Senado Federal; Gabriela Moreira de Azevedo Soares, Diretora Executiva do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ/CNJ); Marcos Ruben de Oliveira, Coordenador do DataSenado; Rúbian Corrêa Coutinho, Promotora de Justiça e Coordenadora da Comissão Permanente de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do MPDFT; Luiza Brunet, Atriz e Modelo; Odécio Rodrigues Carneiro, Coordenador-Geral do SINESP – MJ. 

Por Ana Paula Marques com supervisão de Patrícia Oliveira


--Continua depois da publicidade--

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.


Publicidade

Redes sociais

107,350FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,121SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Pai é detido por ameaçar filhas com facão em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
Lucas do Rio Verde
Confira o calendário esportivo para fevereiro e março de 2022 em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
Lucas do Rio Verde
Janeiro Roxo: Lucas do Rio Verde realiza ações educativas sobre hanseníase nos PSFs
janeiro 19, 2022
AÇÃO INTEGRADA
Trio detido por tráfico de drogas em Lucas do Rio Verde tinha até máquina pra cartão
janeiro 18, 2022