21.9 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 16 maio, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIACAE pode votar dedução no IR para remédios de doenças como câncer...

CAE pode votar dedução no IR para remédios de doenças como câncer e diabetes

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado se reúne na próxima terça-feira (10), a partir das 9h, e pode aprovar o projeto de lei que promove abatimento no imposto de renda pela compra de medicamentos contra várias doenças, incluindo câncer e diabetes (PLS 523/2011). A proposta se dirige a pacientes que fazem tratamento domiciliar com remédios de alto custo e de uso contínuo.

De acordo com o texto, de autoria do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), o paciente deverá comprovar a compra dos medicamentos por meio de nota fiscal em seu nome e da receita médica apresentada na compra.


--Continua depois da publicidade--

A lista dos tratamentos contemplados pelo projeto inclui também Aids, Alzheimer, mal de Parkinson, fibromialgia e depressão clínica.

A matéria tem parecer favorável do senador Rogério Carvalho (PT-SE) e, se for aprovada pela CAE, poderá seguir diretamente para a Câmara dos Deputados.

Tributos

A pauta completa da CAE tem seis projetos de lei. Ela também inclui o projeto que extingue a preferência da União para receber créditos tributários (PLS 485/2017). Se for aprovado pela comissão, ele vai para o Plenário do Senado.

O texto do PLS 485/2017 altera o Código Tributário Nacional para dar preferência, no recebimento de créditos tributários cobrados judicialmente, ao ente federado (União, estado ou município) que tiver empreendido mais esforços na cobrança.


--Continua depois da publicidade--

A legislação atual dá preferência absoluta para os recebimentos dos créditos à União. Em seguida, aos estados e ao Distrito Federal. Os municípios vêm no fim da fila.

Também pode ser votado o PLS 117/2018, projeto de lei que suspende a incidência do PIS/Pasep e da Cofins sobre as vendas de milho em grãos e derivados.

Os outros três itens na pauta da CAE têm relatórios pela sua rejeição. Entre eles, destaca-se o que isenta de ICMS a compra de armas e munições por profissionais da segurança pública (PLP 187/2019).

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

ACIDENTE NO TRÂNSITO
Jovem morre após grave acidente em Lucas do Rio Verde
maio 16, 2022
VIOLÊNCIA!
Criminosos invadem residência e matam jovem em Lucas do Rio Verde
maio 14, 2022
13 DE MAIO
Celebrações do dia da padroeira de Lucas do Rio Verde começaram com passeio ciclístico
maio 13, 2022
SEGURANÇA PÚBLICA
Policiais militares apreendem revólver e simulacro de fuzil durante ação no Rio Verde
maio 13, 2022