28.1 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 26 fevereiro, 2021
Início CENÁRIO AGRO Safra 20/21: Imea mantém estimativa de safra e colheita da soja segue...

Safra 20/21: Imea mantém estimativa de safra e colheita da soja segue atrasada em Mato Grosso

Por Cenário MT/IMEA

Em conformidade com os dados apurados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária – IMEA – no que diz respeito à área, não houve alteração, permanecendo os 10,30 milhões de ha.

Em relação à produtividade, o instituto também manteve a estimativa anterior de 57,41 sacas por hectare (sc/há) de rendimento médio em MT.


--Continua depois da publicidade--

As regiões mais afetadas com queda na produtividade no último levantamento foram a oeste com 57,61 sc/ha (-2,20%), seguida da noroeste com 57,02 (-2,19), seguida pela região norte com 58,58 sc/ha (-1,64%). A seca que acometeu as primeiras áreas semeadas fez com que algumas lavouras necessitassem de ressemeadura, trazendo consequências para safra 20/21.

Além disso, os produtores que optaram por semearem um pouco mais tarde foram beneficiados com a volta das chuvas. Por fim, é estimado que o estado de Mato Grosso registre 35,48 milhões de t, com variação de 0,24% em relação à safra 19/20.

  • O Indicador Imea-MT fechou a semana com leve alta de 0,45%, cotado na média semanal a R$ 150,03/sc. O principal motivo é a queda no volume de negociações devido às atenções com a colheita e o clima.
  • O contrato corrente na CME-Group registrou queda de 0,62% na média semanal devido à melhora nas condições climáticas da América do Sul.
  • O baixo volume de negociações na última semana fez com que o Prêmio em Santos-SP caísse 25,55%, cotado a US$ 0,68/bu na média semanal.
  • A forte demanda por subprodutos, aliada à pouca disponibilidade do grão no mercado interno fez com que a relação soja farelo e óleo valorizasse 6,10% na média semanal, cotado a R$ 656,87/t

ATRASO E CHUVAS

A colheita de soja em Mato Grosso avançou 2,48 pontos percentuais (p.p.) na última semana, totalizando 4,71% das áreas colhidas até 29/01/2021. A situação climática adversa no período da semeadura prejudicou as primeiras áreas, e, agora as chuvas em elevados volumes vem dificultando a entrada do maquinário no campo, o que acaba atrasando os trabalhos nas lavouras.


--Continua depois da publicidade--

Com relação às regiões, a que apresentou o maior avanço semanal foi a norte com 10,70%, seguida pela oeste, com 6,33%. A região que possui o menor percentual colhido é a noroeste, com 2,63% do total da área.

No que se refere ao percentual colhido das demais regiões doestado, a sudeste aponta 4,93%, seguida pela médio-norte com 4,34%, centro-sul com 3,92% e nordeste com 3,75%.

Nesse período decisivo, os players estão de olho na previsão do tempo à espera de uma redução nos volumes de chuvas para que as máquinas possam entrar no campo e recuperar o atraso de 21,97 p.p. em relação à temporada 19/20.



- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

CORONAVÍRUS
Em Lucas: registrado óbito de paciente de 48 anos com Covid-19; 87 óbitos desde o início da pandemia
fevereiro 26, 2021
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Lucas: Secretário diz que planejar ações em meio a pandemia covid-19 é um desafio
fevereiro 26, 2021