Operação Pantanal 2: MT recebe reforço de MS e das Forças Armadas para combater incêndio na região

Na segunda-feira (03.08), representantes do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, CIMAN e Batalhão de Emergências Ambientais estiveram em Ladário-MS, em busca de apoio às operações de combate a incêndios florestais na região

0
Toda a força-tarefa estará em condições de emprego nesta sexta-feira (07.08) no aeródromo do SESC Pantanal, oportunidade em que será lançada a Operação Pantanal 2 à s 10h - Foto por: CBMMT

Nesta sexta-feira (07.08), Mato Grosso recebe o reforço de Mato Grosso do Sul em apoio as equipes que estão trabalhando no combate ao incêndio florestal no Pantanal.

Foi sinalizado o envio de força tarefa para Mato Grosso que ficará à disposição da Coordenação do Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (CIMAN), com previsão de três helicópteros de médio porte das forças armadas, uma aeronave C130, dez militares do CBMMS, dez brigadistas do IBAMA e dez fuzileiros navais, para se unirem às equipes coordenadas pelo Corpo de Bombeiros Militar.

Além do incremento das forças federais e do Estado de Mato Grosso do Sul, sete equipes terrestres e dois aviões de combate do CBMMT, uma aeronave do CIOPAer, maquinários da SEMA e de Produtores rurais da região, pessoal e veículos do SESC Pantanal, além da Prefeitura de Poconé estarão apoiando essa grande operação.

Nesta quarta-feira (05.08) chegou em Cuiabá a aeronave UH-15 (Super Cougar) da Marinha para o reconhecimento e alinhamento junto ao CIMAN das estratégias de combate no local. 

Toda a força-tarefa estará em condições de emprego nesta sexta-feira (07.08) no aeródromo do SESC Pantanal, oportunidade em que será lançada a Operação Pantanal 2 às 10h, com o apronto operacional para, em seguida, realizar a distribuição de todas as equipes em campo.

O comandante geral do CBMMT, o coronel BM Alessandro Borges Ferreira, disse que “o Estado de Mato Grosso, por meio das Secretarias de Segurança Pública e de Meio Ambiente já vem trabalhando de forma integrada e apoiando as ações do CIMAN e o reforço das Forças Armadas e do Governo do Mato Grosso do Sul possibilitará a otimização dos recursos para o êxito na extinção do incêndio”.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (30/09/2020)


Amazonia 03 de Junho