21.5 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 24 outubro, 2021
InícioCENÁRIO AGROMinistérios da Economia e da Agricultura facilitam acesso a águas públicas para...

Ministérios da Economia e da Agricultura facilitam acesso a águas públicas para aquicultura

Dentre outras medidas, portaria conjunta visa ao aumento sustentável da produção pesqueira
Por CenarioMT

A Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia (SPU/ME) e a Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP/Mapa) simplificaram os procedimentos operacionais a serem estabelecidos entre as pastas para entrega e posterior cessão de uso dos espaços físicos em águas públicas para fins de aquicultura. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) da terça-feira (21/9), por meio da Portaria Conjunta nº 396.

De acordo com a secretária de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Fabiana Rodopoulos, a Portaria viabiliza a modernização do processo de cessão, agregando maior agilidade e eficiência no atendimento às demandas dos eventuais interessados. “Isso contribuirá para a geração de emprego e renda e para a promoção do desenvolvimento econômico local, conforme políticas e objetivos institucionais do governo federal”, destaca.


--Continua depois da publicidade--

Anteriormente, a Secretaria de Aquicultura e Pesca instruía os processos e solicitava a entrega individualizada dos espaços físicos em corpos d’água de domínio da União. Com a edição da normativa, a SAP poderá solicitar a entrega para um determinado braço dos reservatórios ou de corpos d’água de domínio da União, agilizando todo o processo de destinação das áreas para a implantação dos projetos de aquicultura.

Além de desburocratizar os processos de cessão, a norma é mais uma das medidas que a SPU já vem implementando para facilitar o acesso aos espaços físicos em corpos d’água de domínio da União para a prática da aquicultura. Todas elas têm a finalidade de promover o desenvolvimento sustentável e o aumento da produção brasileira de pescados.

O Brasil apresenta condições geográficas e climáticas favoráveis para o mercado de piscicultura e as políticas públicas voltadas à atividade englobam mecanismos que visam ao aumento sustentável da produção, sendo a cessão de uso de espaços físicos em águas de domínio da União para fins de aquicultura um deles.

A aquicultura tem papel socioeconômico fundamental para o país e a produção de pescados é a mais nova e promissora fronteira de geração de alimentos para o Brasil. O peixe é considerado uma proteína nobre, de alta qualidade e cada vez mais desejado pelos consumidores em nível mundial.


--Continua depois da publicidade--

 

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,342FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,068SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
PRIMEIRA DOSE: Lucas do Rio Verde faz repescagem da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 18 anos completos ou mais
outubro 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Atletas de Lucas do Rio Verde conquistam pódios em Campeonato Estadual de BMX
outubro 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Mais de 2.100 adolescentes são imunizados contra a Covid-19 em Lucas do Rio Verde
outubro 24, 2021
Lucas do Rio Verde
McDia Feliz em Lucas do Rio Verde arrecada R$ 35 mil para ajudar entidades de tratamento contra o câncer
outubro 24, 2021