27.3 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 26 fevereiro, 2021
Início CENÁRIO AGRO Custos de produção do algodão para a safra 21/22 aumentam novamente, aponta...

Custos de produção do algodão para a safra 21/22 aumentam novamente, aponta IMEA

Por Cenário MT/IMEA

O United States Department of Agriculture (USDA) – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – divulgou na semana passada a primeira perspectiva para a safra 21/22 de algodão nos EUA. Assim, espera-se que 4,86 milhões de hectares sejam semeados com a fibra no país, recuo de 0,80% em relação à safra passada.

Além disso, outro destaque veio na estimativa do índice de abandono nas lavouras, que reduziu em -40,40 pontos percentuais (p.p.) no comparativo anual devido aos preços atrativos da pluma na bolsa de NY, o que poderá estimular os cotonicultores americanos a manterem as lavouras.


--Continua depois da publicidade--

Pelo lado da produção, o órgão projeta um aumento de 17,00% ante a safra 20/21, alcançando 3,81 milhões de toneladas de pluma – refletindo a alta na perspectiva de produtividade para a safra. Apesar de o relatório trazer otimismo para a safra, o fator clima não favoreceu o país nas últimas safras e neste ano o principal produtor do país, o Texas, já registra baixa umidade no solo, o que poderá ser um limitador na temporada neste ano.

  • O preço do Imea-MT se manteve em alta, exibindo um acréscimo de 2,06%, puxado pela menor disponibilidade e ao acréscimo do dólar.
  • Em alta nesta semana, as paridades de exportação jul/21 e dez/21 avançaram 3,57% e 2,61%, devido à valorização da bolsa de NY, ficando cotadas a um valor médio de R$ 159,93/@ e R$ 152,11/@, respectivamente.
  • O caroço e o óleo recuaram 7,77% e 9,70% na semana passada, chegando a um preço médio de R$ 1.381,10/t e R$ 4.740,44/t, nesta ordem.
  • A semeadura do algodão “finalmente” caminha para o fim e até a última sexta-feira (19/02) alcançou 95,45% das áreas previstas.

O atraso no plantio ainda é um ponto de atenção nesta semana, visto que no mesmo período do ano passado o trabalho a campo já tinha sido concluído.

DESPESA SAFRA 21/22

O custo com a produção do algodão para a safra 21/22 em MT ficou mais caro no “bolso do produtor” em janeiro. Assim, o custo operacional efetivo total (COT) aumentou R$ 290,53/ha no mês, estimado em R$ 12.200/ha.


--Continua depois da publicidade--

Tal acréscimo está atrelado ao avanço nos preços dos fertilizantes e corretivos (+3,53%) e nos defensivos (+1,20%) – insumos cotados em dólar. Além disso, os produtores que utilizam o caroço como forma de pagamento para beneficiar a sua produção terão aumento nas despesas com classificação e beneficiamento – +3,69% no comparativo mensal.

Ademais, o ponto de equilíbrio para a safra 21/22 avançou 2,48% em relação ao mês passado e para que o cotonicultor consiga cobrir seu custo (COT) é necessário que venda sua pluma a uma média de R$ 104,72/@.

Por outro lado, o produtor até aqui tem conseguido equilibrar as “contas”, devido aos preços futuros estarem atrativos e a demanda aquecida, o que conseguintemente aumenta a receita.



- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

CORONAVÍRUS
Em Lucas: registrado óbito de paciente de 48 anos com Covid-19; 87 óbitos desde o início da pandemia
fevereiro 26, 2021
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Lucas: Secretário diz que planejar ações em meio a pandemia covid-19 é um desafio
fevereiro 26, 2021