29.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 18 agosto, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO AGROConselho Nacional da Amazônia Legal celebra 2 anos de atividades após recriação

Conselho Nacional da Amazônia Legal celebra 2 anos de atividades após recriação

Os resultados dos trabalhos integrados se somam às iniciativas do Governo Federal para a proteção, a preservação e o desenvolvimento sustentável da Amazônia
Texto por CenarioMT

O Conselho Nacional da Amazônia Legal (CNAL) completa, nesta sexta-feira (11/02), 2 anos de recriação. O CNAL foi reestabelecido, no âmbito da Vice-Presidência, pelo Presidente Jair Bolsonaro e tem como objetivo coordenar e integrar os esforços federais pela preservação, proteção, desenvolvimento da Amazônia brasileira e cooperação Amazônica.

Desde então, o Conselho vem trabalhando na busca de harmonização e priorização das diversas políticas e projetos relacionados àquela área. As atividades foram planejadas e conduzidas de forma integrada com os órgãos que compõem o Conselho – responsáveis pela execução das ações e programas na Amazônia Legal – e diálogo ativo com representantes da sociedade civil, área acadêmica, estados, municípios, setor privado e nações parceiras, com vistas à melhoria dos índices de sustentabilidade e desenvolvimento humano da região amazônica.


--Continua depois da publicidade--

Confira alguns avanços obtidos ao longo dos 2 anos:

  • Estruturação do Portfólio de Governança da Amazônia Legal, compreendido pelo Plano Estratégico 2020/2030; Plano Nossa Amazônia; e Plano Amazônia 21/22, instrumentos norteadores para a região e os trabalhos do Conselho e respectivos ministérios;
  • Maior presença do Estado na região;
  • Fortalecimento da capacidade de fiscalização ambiental, com novas contratações de pessoal para atuar nas agências que executam o combate aos ilícitos ambientais e fundiários;
  • Realização das Operações de Garantia da Lei e da Ordem Verde Brasil I e II e Samaúma;
  • Criação do Grupo de Integração para Proteção da Amazônia (Gipam), um fórum multidisciplinar conduzido pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), que tem em seu bojo órgãos responsáveis por fiscalização e combate a ilícitos ambientais;
  • Assinatura de Memorando de Entendimento entre os diferentes ministérios que participam do Gipam, de modo que o relevante trabalho desse Grupo passe a ser permanente, independente do governo que estiver de turno;
  • Retomada da negociação do Fundo Amazônia e busca de outras fontes de financiamento nacional e internacional, pública e privada, que motivem investimentos na região;
  • Viagem de embaixadores estrangeiros e jornalistas à Amazônia Oriental e Ocidental, para apresentar in loco a realidade regional, com suas oportunidades, desafios e políticas públicas;
  • Criação, sob o arcabouço do CNAL, da Comissão Nacional da OTCA, organismo internacional que reúne os 8 países do bioma Amazônia, passando a ser a instância interlocutória entre o Governo brasileiro e a Organização do Tratado de Cooperação Amazônica, com a missão de aplicar as disposições do Tratado em território nacional, observando a soberania brasileira.

No ano em que o Brasil celebra o seu Bicentenário da Independência, o Conselho Nacional da Amazônia Legal continua atuante, aperfeiçoando os esforços federais em benefício da Amazônia e das gerações presentes e futuras, sempre trazendo para as discussões todos os atores nacionais e demais países que têm responsabilidades ou interesses na região, garantindo a soberania brasileira na gestão dos seus biomas e território, bem como promovendo maior independência e liberdade à população local, por meio da ampliação da presença do Estado e promoção de alternativas de emprego e renda.

As prioridades do Conselho permanecem sendo a efetividade no combate aos ilícitos ambientais e fundiários, o incentivo à inovação tecnológica e à bioeconomia na região, o ordenamento territorial para resolver a questão fundiária, a busca por fontes de financiamento e a integração de sistemas de apoio à tomada de decisão.

Com informações do Conselho Nacional da Amazônia Legal

Gustavo Praiado
Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

CINEMA NA PRAÇA
Filme produzido em Lucas e que aborda violência doméstica será exibido hoje no Seiti Fujii
agosto 18, 2022
REFORÇADO
Luverdense segue anunciando reforços visando disputa da Copa FMF
agosto 18, 2022
Lucas do Rio Verde
Cras promove Balcão de Empregos em parceria com o Sine em Lucas do Rio Verde
agosto 17, 2022
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: Proposta de inovação é apresentada a prefeito e equipe de secretários durante reunião
agosto 17, 2022