29.2 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 23 setembro, 2021
InícioCENÁRIO AGROAssociação comemora aumento de quase 30% em recursos para investimento no Plano...

Associação comemora aumento de quase 30% em recursos para investimento no Plano Safra

Valores do Plano Safra 2021/2022 foram anunciados esta semana. De modo geral, houve aumento de 6,3%
Por CenárioMT com informações Assessoria

O Governo Federal anunciou esta semana o Plano Safra 21/22. Ao todo foram autorizados para o Ministério da Agricultura R$ 251,2 bi, cerca de R$ 14,9 bilhões a mais que o plano anterior. O valor retrata aumento de 6.3%. O Plano Safra contempla pleitos da Aprosoja relacionados ao PCA (Programa de Construção de Armazéns).

Serão destinados R$ 177,78 bilhões ao custeio e comercialização e R$ 73,4 bilhões para investimentos. Os recursos relativos a investimentos tiveram aumento de 29%. O fato foi comemorado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) que participou da construção do planejamento. Por meio de seus representantes, a entidade colaborou com inúmeras propostas. Dentre elas, o direcionamento de recursos para o Programa de Construção de Armazéns (PCA) e a equalização das taxas de juros do crédito agrícola.


--Continua depois da publicidade--

Proposições

Na sugestão encaminhada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a Aprosoja indicou o aumento de recursos para o PCA para 3 bilhões, à taxa de 5% a.a. Também fez parte das propostas, a destinação de 50% (cinquenta por cento) dos recursos previstos para o PCA, especificamente para estruturas de armazenagem a atenderem pequenas e médias propriedades, construídas individualmente ou através de condomínios de agricultores, exceto armazéns gerais.

O governo anunciou o valor de 4,12 bilhões ao PCA, o que representa acréscimo de 84% em relação ao plano passado, valores suficientes para aumentar em até 5 milhões de toneladas a capacidade instalada, e capazes de implantar cerca de 500 novas unidades de armazenagem. Para armazéns com capacidade de até 6 mil toneladas nas propriedades, a taxa de juros é de 5,5% e para maior capacidade a taxa é de 7% ao ano, com carência de três anos e prazo máximo de 12 anos.

De acordo com o presidente da Aprosoja, Fernando Cadore, a disponibilidade do acesso ao crédito para o pequeno e médio produtor mitigaria a pressão sazonal sobre a infraestrutura logística, além de garantir a disponibilidade interna de produtos agrícolas. “É uma questão de segurança alimentar. O agricultor ganha por ter onde guardar a sua produção e não comercializar de forma tão antecipada, e a sociedade tem alimento disponível sem oscilações de preços nas prateleiras dos mercados”, explicou.

Celso Ferreira Neryhttps://www.cenariomt.com.br
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.

Redes sociais

107,336FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Show Safra 2022
Prefeitura participa de lançamento do Show Safra 2022
setembro 22, 2021
Lucas do Rio Verde
Equipe de karatê de Lucas do Rio Verde conquista segunda colocação em competição nacional
setembro 22, 2021
TOP 4 NACIONAL
Cercado de expectativa, Show Safra 2022 é lançado em Lucas do Rio Verde
setembro 22, 2021
PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021