21.6 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 08 março, 2021
Início CENÁRIO AGRO Agricultores familiares do Estado de S. Paulo recebem apoio à comercialização de...

Agricultores familiares do Estado de S. Paulo recebem apoio à comercialização de seus produtos

Por Mauricio Picazo Galhardo

APOIO
Agricultores familiares do estado de São Paulo foram beneficiados com investimento de mais de R$ 15 milhões concedidos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no apoio à comercialização de seus produtos. Os projetos foram selecionados em 2020 para execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade de Compra com Doação Simultânea (CDS) e conta com 84,61% de participação feminina. As operações contratadas garantiram a compra de 4 mil toneladas de alimentos produzidos por 2.060 agricultores.


--Continua depois da publicidade--

PRODUÇÃO
O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2020 alcançou a cifra de R$ 871,3 bilhões, tornando-se o maior da série histórica dos últimos 32 anos, iniciada em 1989. O crescimento real foi de 17%. O segundo melhor resultado ocorreu em 2015, com R$ 759,6 bilhões. Os dados já incluem as estatísticas de dezembro do ano passado. As lavouras tiveram faturamento de R$ 580,5 bilhões, alta de 22,2%, e a pecuária, R$ 290,8 bilhões, incremento de 7,9%.

NOTA
A Frente Parlamentar da Agropecuária publicou em seu site uma nota dizendo que “acompanhou com profundo constrangimento as declarações feitas no dia (12) do presidente francês, Emmanuel Macron, em que associou a agricultura brasileira aos crimes de desmatamento ilegal, sem nenhum dado oficial que comprove tal ilação, a não ser nosso recorde de exportação que alcançou mais de US$ 100 bilhões em 2020”.

PUBLICADA
Foi publicada no Diário Oficial da União a Lei, que institui a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais (PNPSA). A nova legislação é fruto do consenso entre entidades ambientalistas do setor produtivo, tendo como importante porta-voz e empreendedor da política o deputado Arnaldo Jardim, diretor da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop). A lei abre a possibilidade de um novo marco para a sustentabilidade do país.

PROBLEMAS
O Brasil pode ter problemas para exportar para a Europa, já que a União Europeia (UE) está preparando uma legislação que proíbe a entrada de produtos de áreas devastadas por desmatamento. A informação é da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen “Estamos preparando um conjunto de legislações que impede que produtos de áreas devastadas sejam comercializados na União Europeia”, disse ela durante discurso no One Planet Summit for Biodiversity, em Paris. As informações são da Agência Safras.


--Continua depois da publicidade--

BENEFÍCIO
A comercialização de milho dos estoques do governo federal pôde beneficiar mais de 16 mil pequenos criadores de todas as regiões brasileiras. As vendas realizadas em 2020 pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio do Programa de Vendas em Balcão (ProVB), superaram as 144 mil toneladas, aumento de cerca de 7% sobre o volume do cereal vendido em 2019. As operações geraram uma receita de R$ 141,2 milhões, valores que tiveram origem em grande parte do Nordeste, região para onde foi destinada mais de 100 mil toneladas do milho e atendido o maior número de clientes (11 mil).

MANGA/HFBRASIL
Neste ano, a área plantada de manga deve seguir aumentando no Vale do São Francisco (com a ampliação e inauguração de perímetros públicos de irrigação e as boas exportações incentivando plantios), porém, em menor ritmo, devido à queda na rentabilidade no segundo semestre de 2020. No semiárido, os preparativos para a produção do primeiro semestre já foram iniciados, com pomares em florada e frutos em desenvolvimento.

TOMATE/HFBRASIL
A área total de tomate pode ser parcialmente recuperada em 4,5% em 2021. Apesar disso, a área no segmento de mesa deve se manter frente a 2020 (+0,1%). Já a indústria deve aumentar o plantio em 10% frente a 2020, recuperando uma parcela do que foi reduzido em 2018 e 2019. Para o mercado de mesa, na primeira parte da safra de inverno, a expectativa é de nova queda de 2,1% na área.

CANA
A moagem acumulada desde o início da safra 2020/2021 até 01 de janeiro de 2021 somou 597,36 milhões de toneladas no Centro-Sul do País – crescimento de 3,16% no comparativo com o mesmo período do último ciclo agrícola. A produção acumulada de açúcar no mesmo período atingiu 38,20 milhões de toneladas, com crescimento de 44,22% no comparativo com o mesmo período da safra passada. A produção de etanol até 01 de janeiro de 2021, por sua vez, atingiu 9,59 bilhões de litros de etanol anidro (-2,70%) e 19,71 bilhões de litros de etanol hidratado (-11,60%).


O jornalista Mauricio Picazo Galhardo tem 63 anos, é paulistano. Esteve por dois anos morando no exterior; na República Oriental do Uruguai, República do Paraguai e República Argentina. Em 2013 se interessou pelo setor do agronegócio, e agora tem esta coluna semanal de noticias do agronegócio em geral. Também é o autor do quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicado no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br.
Email: mauricio.picazo.galhardo@gmail.com



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

PODER LEGISLATIVO
Maioria rejeita pedido de vista e projeto a respeito de cessáo de area para usina é aprovado
março 08, 2021
COVID-19
“Vamos sair dessa!” diz deputado Silvio Fávero antes de ser entubado
março 08, 2021