31.1 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 01 dezembro, 2020
Início CENÁRIO AGRO Aconteceu, o 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

Aconteceu, o 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

O tema do 5° Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio este ano foi: Mulher Brasileira: A Voz Global. (Foto: Divulgação)
Por Mauricio Picazo Galhardo
MULHERES
A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) destacou que o Mapa está trabalhando para estimular a organização das mulheres no campo, ao participar do 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio. Tereza Cristina defendeu o cooperativismo como uma das formas de organização das produtoras rurais para terem acesso a tecnologia, mais crédito e recursos produtivos, desafios enfrentados por elas no campo.
COOPERAÇÃO
O Ministério da Agricultura, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), lançou, um novo edital para selecionar cooperativas agropecuárias da região Nordeste que participarão do Projeto Eixo Intercooperação do Programa Brasil Mais Cooperativo.
VACINAÇÃO
A segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa começou no dia 3 de novembro para imunização de bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade, para a maioria dos estados brasileiros, conforme o Calendário Nacional de Vacinação 2020. Ao todo, espera-se imunizar cerca de 70 milhões de animais, até o final de novembro.
RASTREABILIDADE
O Ministério da Agricultura, realizou uma ação de fiscalização na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) para conscientizar sobre o cumprimento da rastreabilidade em produtos hortigranjeiros comercializados no local. Durante a ação, os auditores do Mapa, com apoio do Ministério Público do Estado de São Paulo, instruíram os atacadistas nos casos de falhas ou ausências da rastreabilidade.
BOOM
A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse no 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio que a região Nordeste precisa ser inserida no “boom” do agronegócio brasileiro. “Eles têm como fazer. Só temos de dar as ferramentas e ajudar essas pessoas a entrar nos diversos sistemas produtivos”, disse. Ela citou o programa AgroNordeste, lançado em outubro do ano passado e que visa a impulsionar o desenvolvimento no meio rural da região.

IRRIGAÇÃO

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu, uma conversa ao vivo pelas redes sociais para discutir a importância da agricultura irrigada no desenvolvimento regional do país. A assessora técnica da CNA, Vanessa Prezotto Silveira, foi a moderadora do debate e afirmou que o Brasil possui quase 16% de vazão hídrica global e que a agricultura irrigada utiliza aproximadamente 3% dessa vazão, com a devida permissão concedida pela outorga. “A outorga de uso da água é um processo complexo e que leva em consideração o que está priorizado em lei. A agricultura utiliza o que é autorizado pelos entes reguladores e fiscalizadores”.

CIÊNCIA
Cientistas da Embrapa e do Agriculture and Agri-Food Canada (AAFC) estiveram reunidos dias 28 e 29 de outubro para avaliar e discutir as principais linhas de pesquisa que vão nortear o desenvolvimento de projetos em comum, nos próximos três anos. Biotecnologia agrícola, em especial edição gênica de plantas e microrganismos, está entre as potenciais possibilidades de interesse na parceria entre as instituições brasileira e canadense.
EMBRAPA TRIGO
A Embrapa Trigo foi criada em 28 de outubro de 1974 com a missão de viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação na cadeia produtiva do trigo e de outros cereais de inverno para a competitividade e sustentabilidade da agricultura em benefício da sociedade brasileira. Quando a unidade começou a atuar, a produção tritícola nacional era incipiente, praticada a partir da introdução de cultivares trazidas de outros países latinos, como a Argentina e o México, que resultavam em baixo rendimento.
AUMENTO
A análise do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) mostra que a ação feminina na agricultura familiar vem aumentando nos últimos anos. No balanço apresentado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a participação de mulheres chegou a 80% em comparação à masculina em 2019. O levantamento traz ainda esta participação do gênero dividida por região, sendo a maior parte do Sudeste (88%), seguida pelo Nordeste (84%), Centro-Oeste (80%), Norte (67%) e Sul (65%).


Artigoshttps://www.cenariomt.com.br/artigo/
O CenárioMT está sempre aberto a profissionais que desejam dividir seu conhecimento com os leitores por meio da divulgação do seu trabalho em um veículo com credibilidade e conteúdo relevante. Pensando nisso, o CenárioMT estreou um espaços exclusivo para opiniões. Envie seu artigo agora mesmo para o e-mail redacao@cenariomt.com.br.
- Publicidade -

Últimas

Lucas do Rio Verde será contemplada por ações do Governo Federal

A cidade de Lucas do Rio Verde mais uma vez será contemplada por ações do Governo Federal, e dessa vez, num projeto piloto com...

Dois vereadores eleitos nas últimas eleições em Lucas do Rio Verde testam positivo para Covid-19

Dois dos nove vereadores eleitos nas últimas eleições em Lucas do Rio Verde, testaram positivo para o novo coronavirus (Covid-19). Ambos eleitos pela coligação...

Neri Geller passa a ser vice-presidente da FPA

Líder da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional, o federal Neri Geller (PP/MT), foi eleito, nesta terça-feira (01.12), vice-presidente da Frente Parlamentar Agropecuária...

Batalhão Ambiental identifica crime ambiental em área de abate de frigorífico; embargo e multa de R$ 500 mil

Uma equipe do Batalhão Ambiental em Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia na segunda-feira (30.11), o gerente de um...
Publicidade
x