21.6 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 08 março, 2021
Início CENÁRIO AGRO Ação para diagnosticar doenças em caprinos e ovinos no Semiárido tem início

Ação para diagnosticar doenças em caprinos e ovinos no Semiárido tem início

Pesquisadores visitarão propriedades e coletarão material dos animais para exames
Por CenarioMT

A partir desta semana, 60 propriedades do município de Pintadas (BA) e entorno receberão a visita de uma equipe formada por pesquisadores da Embrapa Caprinos e Ovinos e da Fundação de Apoio ao Instituto Federal da Paraíba (Funetec) para verificação das condições de sanidade dos rebanhos da região.

“Essa parceria com a Embrapa visa a superar, por meio da inclusão tecnológica e social, os principais desafios à produção sustentável de carne, leite e seus derivados de caprinos e ovinos, contribuindo para o aumento da renda no Semiárido”, afirmou o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke

Durante 15 dias, os profissionais farão a coleta de sangue nos animais em um raio de 100 km, em propriedades indicadas por representantes do FrigBahia, frigorífico especializado na produção e comercialização de carnes especiais de cordeiros e cabritos. Serão verificadas a presença de oito doenças. Além disso, será feito um banco de DNA, que poderá ser utilizado para melhoramento genético e para pesquisa de micro-organismos.


--Continua depois da publicidade--

A ação está inserida no programa AgroNordeste, liderado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e visa a promover a inovação tecnológica em microrregiões onde a produção de caprinos e ovinos é a principal fonte de renda.

A iniciativa também ocorre no âmbito do projeto Dom Helder Câmara (PDHC), desenvolvido pelo Mapa, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), e cofinanciado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), cujo objetivo é reduzir os níveis de pobreza e de desigualdades no Semiárido, qualificando os produtores para desenvolverem uma produção sustentável e a replicação de boas práticas.

“Essa parceria com a Embrapa visa a superar, por meio da inclusão tecnológica e social, os principais desafios à produção sustentável de carne, leite e seus derivados de caprinos e ovinos, contribuindo para o aumento da renda no Semiárido. É uma iniciativa que prevê a capacitação de produtores, a troca de conhecimentos, a ampliação do acesso ao mercado dos produtos, entre outras atividades focadas no fomento dessas cadeias produtivas que têm um grande potencial de desenvolvimento”, ressaltou o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke.

AgroNordeste

Lançado pelo Mapa, em 2019, o AgroNordeste tem o propósito de impulsionar o desenvolvimento econômico, social e sustentável do meio rural da região. O programa, que envolve os nove estados do Nordeste e Minas Gerais, contemplando 230 municípios, conta com a participação de várias instituições parceiras. O público-alvo são pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda têm dificuldades para expandir o negócio.


--Continua depois da publicidade--

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento



Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

PODER LEGISLATIVO
Maioria rejeita pedido de vista e projeto a respeito da construção de usina é aprovado
março 08, 2021
COVID-19
“Vamos sair dessa!” diz deputado Silvio Fávero antes de ser entubado
março 08, 2021