Antony se despede do São Paulo: “Não é um fim, é um até logo”

0

Antony teve nesta terça-feira seu último dia como jogador do São Paulo. De saída para o Ajax, o atacante se despediu dos companheiros no CT da Barra Funda. A partir desta quarta-feira, ele não faz mais parte do grupo do técnico Fernando Diniz.

Prestes a concluir a transferência ao Ajax, o jogador conversou com a “SPFCtv” e falou do seu sentimento. O São Paulo vai lançar uma série especial com três capítulos contando a história do jogador, criado na base, em Cotia, e torcedor são-paulino desde a infância.

– Eu creio que não é um fim, é um até logo. O São Paulo é o meu lugar – disse.

Quando negociou Antony com o Ajax, em fevereiro, o São Paulo acertou a permanência do jogador até o fim do primeiro semestre. A ideia era tê-lo em ação nesses meses finais antes da transferência, mas isso não foi possível por causa da pandemia de Covid-19 que resultou na paralisação do futebol brasileiro.

A venda ao Ajax foi acertada em 15,750 milhões de euros, sendo 9,750 milhões de euros a serem pagos no meio de julho e 6 milhões de euros no fim do ano.

O pacote da transferência de Antony também incluiu a negociação de 20% da revenda futura que o São Paulo tinha de David Neres por 7 milhões de euros, valor que já entrou nos cofres do clube, e mais 6 milhões de euros condicionados a metas esportivas a serem batidas pelo atacante ao longo do contrato.

O último jogo de Antony no São Paulo foi no dia 14 de março, quando venceu o Santos, por 2 a 1, no Morumbi. Entre a venda para o Ajax e a paralisação do futebol, ele fez quatro jogos, todos como titular.

Sem Antony, algumas das opções para substituir o jogador no elenco são Pablo, Everton, Helinho, Brenner e Toró. Além deles, Gonzalo Carneiro (está para ser reintegrado após um ano parado) e Rojas (em recuperação e sem jogar desde outubro de 2018) poderão ser peças ofensivas no futuro.

No total, Antony fez seis gols em 51 jogos pelo São Paulo. O atacante foi campeão da Copinha de 2019.


Amazonia 03 de Junho