Trabalhando de casa, Mendes descarta se afastar e deixar Governo com Pivetta

0
Foto: Secom-MT

Isolado desde a última quarta-feira (3) e cumprindo o expediente de sua residência, após ser testado com coronavírus, o governador Mauro Mendes (DEM) descartou se afastar do cargo e deixar o comando do Governo com o seu vice Otaviano Pivetta (PDT), para tratar de sua saúde.

De acordo com o governador, a única recomendação médica que foi imposta a ele está sendo cumprida, que é o isolamento e que a possibilidade de passar o bastão ao vice está descartada a princípio.

“Estou em plenas condições. Hoje em dia, a própria doença está nos mostrando. Eu fiquei quase uma hora em reunião com o Gilberto, com a vigilância sanitária, com as adjuntas dele. Tive reuniões com Casa Civil, já fiz reunião com o presidente da República, com os governadores. A pandemia está nos ensinando que podemos fazer reuniões sem estar olho no olho. Com a tecnologia conseguimos trabalhar de casa. É óbvio que se houver um agravamento, e isso pode acontecer com qualquer um, mas por enquanto estou muito bem e esta possibilidade não está sendo levada em consideração”, disse o governador em entrevista a Rádio Nativa FM nesta sexta-feira (5).

Diagnosticado com o coronavírus no início da semana, Mendes divulgou o resultado de seu exame, por meio de sua assessoria, na última quinta-feira (4).

Conforme o Palácio Paiaguas, o chefe do Executivo fez dois exames, além de uma contraprova, que também atestou positivo para a presença do vírus.

Em suas redes socais, o próprio governador disse que está bem, não teve nenhum sintoma e que irá trabalhar por videoconferência e sem nenhum atendimento especial.

“Vou me isolar, como todo cidadão, seguindo o protocolo para interromper a cadeia de transmissão. Estou na minha residência, isolado em um quarto e vou continuar a trabalhar no combate ao coronavírus da minha residência, por meio de videoconferência. Fiquem todos com Deus e vou ficar aqui torcendo para que todos que sejam contaminados possam se recuperar“, afirmou.


Amazonia 03 de Junho