Após dez mortes, prefeito pede revisão em protocolos de hospital: “Deve ter alguma coisa errada”

0

O prefeito de Cáceres (220 quilômetros de Cuiabá), Francis Mares, pedirá ao governo uma revisão dos protocolos no Hospital Regional da cidade, para saber se tudo está sendo seguido da maneira correta. Isso ocorre após dez pessoas morrerem no local por coronavírus (desde o início da pandemia): “Deve ter alguma coisa errada”.

“Estou pedindo ao governo que faça uma auditoria, para ver se melhoramos e diminuímos as mortes. A intenção é ver se está tudo certo, se os protocolos estão sendo seguidos. Temos muitas pessoas falecendo, eu mesmo perdi a minha sobrinha, de 24 anos, que estava internada na UTI”, disse o prefeito.

Francis ainda acrescenta que “deve ter alguma coisa errada” para que haja tantas mortes no hospital. A cidade conta oficialmente com três óbitos por conta da Covid-19. Porém, muitos pacientes, que são de outros municípios, morreram na unidade, que é referência de atendimento na região.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (888), Várzea Grande (299), Rondonópolis (251), Tangará da Serra (144), Primavera do Leste (143), Confresa (105), Sorriso (88), Barra do Garças (82), Lucas do Rio Verde (80), Sinop (63), Campo Verde (49), Pontes e Lacerda (46), Rosário Oeste (45), Jaciara (44), Alta Floresta (37), Nova Mutum (35), Cáceres (35), Peixoto de Azevedo (33), Querência (27) e Sapezal (26).

Dos 3.029 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.844 estão em isolamento domiciliar e 929 estão recuperados. Há ainda 177 pacientes hospitalizados, sendo 100 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 77 em enfermaria.


Amazonia 03 de Junho