MT vai sistematizar quantidade de leitos disponíveis para tratamento de Covid-19

0
Foto por: Mayke Toscano

Com objetivo de garantir mais acesso as informações sobre a quantidade de leitos disponíveis nas enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para o tratamento da Covid-19, o Governo de Mato Grosso, por intermédio do Tribunal de Contas (TCE-MT) celebrou, nesta segunda (01.06), o termo de compromisso emergencial e simplificado com as Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para execução de um mecanismo virtual de informações em tempo real.

Na prática, essa celebração resulta em uma resposta imediata sobre a capacidade e operacionalização das unidades de saúde, monitorando a situação do atual cenário e a disponibilidade dos leitos para o atendimento aos pacientes diagnosticados com a Covid-19.

De acordo com a tratativa, o Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) e a Central de Regulação de Urgência e Emergência (CRUE) irá dedicar-se na criação de uma rotina interna sistematizada para o recebimento dos dados que irão alimentar as informações. Assim manterá disponível na internet para ser acessada pela sociedade em tempo real.

Ainda de acordo com as informações do termo, o Governo irá trabalhar para garantir abertura de novos leitos de enfermaria e UTI nos hospitais do Estado para o tratamento da Covid-19.

As prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande também devem trabalhar para abertura de novo leitos para o tratamento da Covid-19. Também a sistematização para identificar a disponibilidade de vagas e compartilhar os números ao Estado. Além disso, os municípios devem garantir o acesso integral das equipes de saúde do Estado para realizar o trabalho de supervisão hospitalar de todas as unidades.

Atualmente a SES-MT realiza a divulgação diária da situação sobre o número de casos da Covi-19 por meio da publicação do boletim informativo diário no portal do Governo e site da pasta. Além disso, o documento detalha sobre os dados de leitos de UTI e leitos clínicos disponíveis no SUS-MT.


Amazonia 03 de Junho