Polícia confirma que mulher que desapareceu em aeroporto após voltar de viagem foi assassinada

0
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A Polícia Civil divulgou neste domingo (31) que Lílian de Oliveira, que desapareceu no Aeroporto Santana Genoveva, em Goiânia após voltar de viagem, foi assassinada. Dois suspeitos do crime estão presos. Em depoimento, um dos detidos confessou o homicídio.

Lílian desapareceu no dia 13 de fevereiro, após voltar de uma viagem a Colômbia. Segundo as investigações, um dos suspeitos buscou a vítima no aeroporto e ela não foi mais vista desde então.

A Polícia Civil ainda segue investigando o caso para tentar localizar o corpo da vítima. Os detalhes sobre o homicídio serão apresentados em uma coletiva de imprensa na segunda-feira (1º).

Um dos suspeitos foi preso em Buriticupu, Maranhão, no dia 28 de maio. No mesmo dia, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa do segundo suspeito, em Pires do Rio. No local foi encontrado uma arma. Ele pagou fiança e foi liberado. Porém, após mais investigações, a polícia pediu um mandado de prisão contra ele por suspeita de envolvimento no homicídio. Ele foi preso no dia 29 de maio.


Amazonia 03 de Junho