Menino de 11 anos faz guitarras de papelão como passatempo durante a quarentena em MT

0
Foto: Arquivo pessoal

Sem aulas presenciais durante o período de pandemia do novo coronavírus, Fernando de Araújo Silva, de 11 anos, que mora em Denise, a 208 km de Cuiabá, começou a fazer guitarras de papelão como passatempo na quarentena.

Ele já fez mais de 15 guitarras de brinquedo desde as férias escolares de dezembro. As aulas retornaram e logo depois foram suspensas, novamente, como medida de prevenção à Covid-19.


-Continua depois da publicidade ©-

Fernando viu na internet o passo a passo da confecção das guitarras e pediu para o pai comprar os materiais.

Para fazer a guitarra, ele usa papelão, cola, tesoura, tinta, palitos de churrasco, barbante e lápis para desenhar os moldes.


Fernando já doou as guitarras para dois amigos da escola.


--Continua depois da publicidade ©--

O pai dele, Pedro João da Silva, conta que a preferida do filho é a primeira guitarra que fez, de cor preta. Às vezes, Fernando desmancha e faz outras quando acaba o papelão ou não gosta tanto.

“Ele faz pra brincar. Começou a fazer quando ficou de férias da escola em dezembro. As cordas são de barbante e é só de brinquedo”, afirma.

Fernando está aprendendo a tocar violão neste ano em um projeto social na cidade em que mora. O pai comprou o violão e deu de presente para filho e, por causa da pandemia, as aulas estão suspensas.

Ela cursa o 6º ano do ensino médio na Escola Municipal Neide de Oliveira Brito.



--PATROCINADO--