21 C
LUCAS DO RIO VERDE
sexta-feira, 05 junho, 2020
Home MATO GROSSO Mesmo com aumento de casos, população de Sorriso ainda descumpre regras para...

Mesmo com aumento de casos, população de Sorriso ainda descumpre regras para frear o novo Coronavírus

0

Uma doença causada por um vírus, altamente transmissível, sem remédio específico ou tampouco vacina. Como o vírus se espalha pelo ar e muitas pessoas podem estar com ele sem qualquer sintoma, a única maneira eficiente de evitar a contaminação é manter-se distante uns dos outros, evitar sair de casa, redobrar a limpeza e usar máscaras para proteger boca e nariz.

Ao mesmo tempo que muitas pessoas carregam o vírus sem qualquer sintoma, para outras, a contaminação pode ser altamente letal, com comprometimento severo dos pulmões e, em muitos casos, a morte. Ao todo, 4,7 milhões de pessoas em todo o mundo já contraíram o novo vírus. Do total, quase 2 milhões conseguiram se curar, mas 315 mil pessoas sucumbiram à doença.

Não. Por mais que pareça, isso não é roteiro de filme, seriado ou novela. É a vida real, o vírus tem nome: novo coronavírus Sars- coV-2; e a doença é a Covid 19. Em Sorriso, os dois primeiros casos foram registrados no dia 1.º de maio e, pouco mais de uma quinzena depois disso, o Município já registra 57 casos confirmados, com oito curados e sete internados em hospitais, sendo três em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os outros casos seguem em isolamento domiciliar com acompanhamento da equipe da Secretaria de Saúde e Saneamento (Semsas).

De forma pioneira, o Município criou, ainda em 16 de março, um comitê formado por representantes dos mais diversos setores da sociedade para definir ações de prevenção e enfrentamento da nova doença. Colegiadamente, o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus vem, desde então, definindo as estratégias para que Sorriso passe por este período de pandemia da forma mais segura possível, sempre buscando o equilíbrio com a economia e com o foco na preservação da vida.

Para garantir que as medidas estipuladas pelo Comitê, bem como as regras impostas por outras instituições governamentais sejam cumpridas para evitar novos casos, as forças de segurança do Município promoveram, no fim de semana (15, 16 e 17), mais uma edição da operação Dispersão Covid. Polícia Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF), Procon, Vigilância Sanitária e agentes municipais de trânsito varreram a cidade para justamente evitar que as pessoas se aglomerem e orientar que usem as máscaras de proteção.

Pois é! Mas mesmo com o número de casos crescendo rapidamente em meros 15 dias, os integrantes da Dispersão tiveram muito trabalho. Ao todo, 18 estabelecimentos comerciais foram notificados por estarem descumprindo as regras de funcionamento durante a pandemia, principalmente a de não promover aglomerações. “Além da notificação nas empresas, a equipe atuou diretamente na dispersão de quase 500 pessoas que estavam aglomeradas, ferindo as regras necessárias para frear novos casos da Covid- 19”, comenta o secretário de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep), José Carlos Moura.

A operação no Bairro Morada do Bosque também resultou na apreensão de veículos em situação irregular, além de condutores estarem promovendo rachas e manobras perigosas. Outra ocorrência perigosa que foi constatada no local foi a utilização de lâminas em linhas de pipa, além do cerol, o que pode causar acidentes fatais.

“Estamos à disposição para garantir a segurança da sociedade, mas precisamos do apoio de cada cidadão para, efetivamente, podermos garantir que a Covid-19 não aumente em nossa cidade, por isso, segue o pedido para que não sejam promovidas aglomerações e que cada pessoa que sair à rua para o que for estritamente essencial use máscara”, reitera o secretário, reforçando que denúncias podem e devem ser feitas pelo 150 (telefone destinado para informações sobre a Covid), o 153 (agentes de trânsito, e o próprio 190 (Polícia Militar).


Amazonia 03 de Junho