Projeto propõe aplicativo para informar familiares de Coronavírus em Mato Grosso

0

Com o aumento em mais de 150% nos casos do coronavírus em Mato Grosso nas últimas duas semanas, as internações de pacientes vítimas da doença também tiveram um incremento chegando a 59 até quarta-feira (13), dos quais 26 em enfermaria e 33 em UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Para facilitar o acesso à informação do quadro de saúde do paciente, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) propôs ao governo na sessão parlamentar desta semana a criação de uma ferramenta digital – site ou “app” – com as informações médicas atualizadas dos pacientes da rede pública e privada. Uma iniciativa similar está em andamento na Bahia.

“Dessa forma, vamos manter os familiares cientes do quadro clínico do paciente, evitar aglomerações que geram maior risco de contágio da doença nas unidades hospitalares. Penso que a ferramenta é uma aliada inclusiva para evitar a propagação de informações falsas e que geram pânico na população”, explica o parlamentar, que é médico.

Outra proposição do deputado ao governo se trata da “testagem em massa” no sistema “drive thru”, principalmente em municípios onde há casos confirmados. A medida já está sendo utilizada em São Paulo e no Distrito Federal como aliada do ponto de vista epidemiológico – para saber o número e a distribuição dos casos –, e também para planejar ações mais efetivas no combate, como o isolamento social.

Neste momento, Dr. Gimenez se mostra preocupado com a região oeste, na fronteira com a Bolívia, onde residem mais de 300 mil habitantes e um percentual significativo de idosos. A evolução da doença é rápida: no início de abril não havia nenhum caso; no dia 28 de abril foram confirmados 24 casos, em 08 municípios. Já nesta semana, somaram 46 casos, em 11 cidades.

“Nossa região representa hoje 22% dos municípios de Mato Grosso afetados pela doença (total de 48 municípios no estado); e dentre os 22 municípios da região, mais da metade, ou seja, 11 deles apresentam casos confirmados. Já tivemos quatro mortes, a mais recente em Cáceres. Fica evidente a necessidade de interiorizar a rede de atendimento para salvar vidas”, reforça.

Entre os municípios da região oeste com casos confirmados conforme boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES) estão: Cáceres (17), Mirassol D’Oeste (08), São José dos Quatro Marcos (06), Rio Branco (02), Vila Bela da Santíssima Trindade (02), Pontes e Lacerda (02), Lambari D’Oeste (01), Conquista d’Oeste (01), Curvelândia (04), Vale de São Domingos (02) e Nova Lacerda (01).

Pandemia em Mato Grosso – Os números mostraram 263 casos confirmados, 11 óbitos e 16 internações (10 em UTI), em 30 municípios, no dia 28 de abril. Nesta quarta-feira (13), somaram 673 casos, 21 óbitos, 59 internações (26 em enfermaria e 33 em UTI), em 48 municípios.


Amazonia 03 de Junho