Avião com três médicos e piloto cai no Ceará; Não houve sobreviventes

Uma das vítimas contraiu coronavírus e estava sendo transladada do Ceará para o Piauí

0
FOTO: MEIONORTE.COM
FOTO: MEIONORTE.COM
FOTO: MEIONORTE.COM
;
;
;

Um avião de pequeno porte que conduzia três médicos, entre eles um que foi diagnosticado com o novo coronavírus, caiu na noite dessa sexta-feira (15) na zona rural da cidade de São Benedito, interior de Fortaleza – CE. Além dos médicos, o piloto da aeronave também morreu em decorrência do acidente aéreo.

O avião foi contratado em Teresina pela família de um médico que morava em Teresina, mas que estava trabalhando em Sobral-CE onde contraiu Covid-19. O próprio médico pediu aos familiares que realizassem a transferência para um hospital na capital piauiense.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o avião pousou em Sobral com o piloto e dois profissionais de Teresina para auxiliar na transferência do médico. No momento em que voltava para a capital do Piauí, a aeronave caiu e pegou fogo.

Em nota, a empresa de locação TopLine confirmou a morte de quatro pessoas destacando que estavam na aeronave o piloto e mais três passageiros.

“É com pesar que a Top Line Táxi Aéreo informa sobre o lamentável acidente com a aeronave bimotor PT- RMN, ocorrido na cidade de São Benedito Ceará, no início da noite desta sexta-feira, 15.05. A aeronave envolvida prestava serviços de UTI aérea e na ocasião fazia a rota Teresina -Sobral -Teresina. A aeronave inicialmente partiu de Teresina com destino à cidade de Sobral-CE, com posterior retorno a Teresina. Na aeronave estavam o piloto e mais 3 passageiros. A empresa Top Line Táxi Aéreo informa ainda que imediatamente após receber a notícia, encaminhou uma equipe até o local e acionou os órgãos competentes para que as primeiras providências pudessem ser tomadas. O compromisso, neste momento de profunda tristeza, é de confortar os familiares, garantir que sejam asseguradas todas as medidas e protocolos investigativos em relação à causa do acidente, bem como transparência nas informações”.


Amazonia 03 de Junho