Coronavírus: Aeroporto de Brasília tem equipamento que mede temperatura e detecta uso de máscara

0
Foto: Inframerica/Divulgação

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, instalou um equipamento para medir a temperatura dos passageiros de voos domésticos. O sistema também detecta se as pessoas estão utilizando máscaras . Os testes começaram nesta semana.

De acordo com a Inframerica, empresa que administra o aeroporto, o terminal é o primeiro do Brasil a instalar o aparelho no embarque de passageiros. Segundo a concessionária, o equipamento tem a capacidade de processar as informações de 30 pessoas ao mesmo tempo.

A empresa afirma que os passageiros poderão conferir a temperatura em uma tela no local. Segundo o fabricante, o aparelho tem sido usado em grandes aeroportos de vários países do mundo.

Desde março, passageiros que chegam à capital são monitorados por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Na saída do desembarque, as pessoas passam por triagem com aferição de temperatura realizada por câmeras termográficas e termômetros.


Como funciona?

O sistema possui sensores faciais que detectam o rosto do passageiro. O sistema mede a temperatura da superfície da pele e identifica se o passageiro está utilizando máscaras de proteção. A precisão das informações, de acordo com a Inframerica, pode variar em 0,3°C para mais ou menos.


--Continua depois da publicidade ©--

A tecnologia é capaz de diferenciar, por exemplo, a temperatura da pele, mesmo com um copo de café quente próximo ao rosto do passageiro.

Segundo a concessionária, se a temperatura da pessoa for identificada pelo equipamento como acima do normal, ou seja, 37ºC, o passageiro será submetido a uma nova checagem com um termômetro clínico. Se for comprovada a temperatura elevada, ele vai receber luvas e máscaras descartáveis, e será recomendado que se dirija ao posto médico do aeroporto.

Ainda de acordo com a empresa, se necessário, a pessoa será encaminhada a um hospital de referência do Distrito Federal para a realização de exames. Além do novo equipamento, o terminal também tem tomado outras ações de combate ao coronavírus. Entre elas estão:

  • Distanciamento em filas, mesas e cadeiras
  • Disponibilização de álcool gel
  • Higienização do terminal com produtos sanitários utilizados para desinfecção de UTIs
  • Informativos