Polícia prende funcionário de prefeitura por utilizar caminhonete Amarok em benefício próprio

0

Um funcionário público da Prefeitura de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (11.05), pela suspeita de crime de peculato.

A prisão do suspeito, de 49 anos,  aconteceu após a equipe da Delegacia de Peixoto de Azevedo receber denúncia de que o funcionário estava utilizando um bem público, uma caminhonete Volkswagen Amarok, para  benefício próprio. Segundo as informações, o veículo pernoitava em sua residência, em desconformidade com a lei.


-Continua depois da publicidade ©-

Em contato com o Ministério Público, foi confirmado que a caminhonete estava acautelada ao funcionário, e que no mês de setembro ele foi notificado sobre o decreto municipal 71/06 que prevê a proibição do veículo pernoitar em residência particular.

Diante das informações, os policiais coordenados pelo delegado José Getúlio Daniel iniciaram as diligências e foram até a residência do investigado, no bairro centro Novo, em Peixoto de Azevedo. No endereço, os policiais encontraram o veículo estacionado em horário fora do expediente.


Com base nas evidências, a equipe de policiais esperou o momento ideal para realização da abordagem, ocasião em que o funcionário foi conduzido à delegacia. Após ser interrogado, ele foi autuado em flagrante pelo crime de peculato, o qual não cabe fiança, sendo a prisão do conduzido comunicada ao poder judiciário.


--Continua depois da publicidade ©--