La Liga: com cinco positivos entre jogadores, Espanha terá maratona de 35 dias seguidos de futebol

0

A La Liga, entidade que organiza as duas primeiras divisões no futebol da Espanha, anunciou que a bateria de testes entre os 42 times dos dois torneios apontou cinco resultados positivos para coronavírus entre os jogadores. Todos estão sem sintomas, segundo a liga. Entre eles está o lateral-esquerdo brasileiro Renan Lodi.

De acordo com o presidente da La Liga, Javier Tebas, foram oito resultados positivos em 2,5 mil testes realizados entre os jogadores e outros funcionários e membros das comissões técnicas dos clubes. A liga afirmou que os atletas ficarão isolados e poderão providenciar testes para pessoas que convivam com eles.

“Esperávamos entre 25 e 30 positivos. Foi uma boa notícia para a indústria do futebol e a sociedade espanhola”, afirmou Javier Tebas, em entrevista à emissora “Movistar+”

Com tais resultados, o futebol espanhol faz planos. Em sua participação no programa “Vamos”, da emissora “Movistar+”, Tebas lançou a campanha “VolverEsGanar”, ou “VoltarÉGanhar”, em português. O dirigente prometeu futebol diariamente por 35 dias.

“Sim, essa é a ideia. Do início ao fim, creio que será isso (35 dias). Para o que nos resta para terminar, sim”, declarou Tebas.

O presidente da La Liga confirmou que o plano atual da entidade é recomeçar o Campeonato Espanhol e a Segunda Divisão no dia 12 de junho, uma sexta-feira. Com isso, o torneio iria até o dia 17 de julho.


– Ninguém sabe. Vai depender das possíveis reviravoltas e que todos cumpram as normas. O vírus segue por aí. Mas se é possível voltar no dia 12 de junho, melhor – declarou Tebas.


--Continua depois da publicidade ©--

Na Espanha, foram disputadas 27 rodadas. O Barcelona lidera o torneio, com 58 pontos, dois a mais que o Real Madrid.