Desembargador aposentado morre internado com câncer em Cuiabá

0
Foto: Tribunal de Justiça de Mato Grosso/Assessoria

O desembargador aposentado Jurandir Florêncio de Castilho, de 79 anos, morreu na madrugada de domingo (10). Segundo o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), ele lutou contra o câncer e estava internado no Hospital Santa Rosa, em Cuiabá.

Em nota, o TJMT expressou pesar pela morte do magistrado.

O corpo foi velado na sede do Grande Oriente do Brasil (GOB), localizada na Avenida do CPA.

O sepultamento foi realizado no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

Jurandir Florêncio de Castilho deixa a esposa Laudicéia Castilho, oito filhos, 19 netos e sete bisnetos.

Ele era pai de Elizabete Castilho, Juramar Ramos de Castilho, Jurandir Florêncio de Castilho Júnior (juiz da 14ª Vara Criminal), Adélia Maria de Castilho, Giselle Ramos de Castilho Teixeira (servidora do Programa Bem Viver – DRH), Wanessa Nataly Castilho (servidora da Corregedoria), Hugo Florêncio de Castilho e Breno Florêncio de Castilho.

“À família enlutada, as condolências de todos os integrantes do Poder Judiciário de Mato Grosso”, disse o TJMT.


Amazonia 03 de Junho