Operação embarga área e apreende maquinário em Mato Grosso

0

A ação integrada aconteceu dentro de um assentamento e flagrou o desmatamento em floresta nativa. Foi aplicada multa de R$ 200 mil

 

Uma operação integrada embargou 40 hectares e apreendeu maquinário dentro de um assentamento, em Ribeirão Cascalheira. A interdição ocorreu por desmatamento em área de especial preservação. A ação conjunta teve participação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), Bombeiros Militar e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope)

A equipe flagrou o desmatamento em floresta nativa no dia 6 de maio. Foi aplicada uma multa de R$ 200 mil e apreendidos um trator esteira, um implemento denominado empurrador florestal, um assoprador e uma bomba de lubrificação.

Foram desmatados 61 hectares dentro do Bioma Amazônico e a estimativa era que o desmatamento atingisse aproximadamente 80 hectares com previsão de preparação para enleiramento e, posteriormente, queimada do material lenhoso. A apreensão do maquinário evitou a continuidade da degradação.

Atividade essencial

As atividades de fiscalização ambiental, que incluem as ações de monitoramento e controle de crimes ambientas como desmatamento e exploração florestal ilegais, pesca predatória, caça ilegal, poluição causara por empreendimentos, dentre outros, seguem em pleno funcionamento durante a pandemia do Covid-19.

De acordo com artigo 8° do decreto Estadual 432/2020, a fiscalização ambiental é considerada atividade essencial no Estado. Ao se deparar com crimes ambientais, o cidadão pode fazer denúncias pelo 0800 65 3838 ou via aplicativo MT Cidadão (disponível para IOS e Android).

Monitoramento Diário

Desde 2019, por meio da Sema, o Estado de Mato Grosso é beneficiário da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal (ferramenta) adquirida pelo Programa REM, por meio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), com recursos da Alemanha e Reino Unido.

Além das imagens diárias de alta resolução espacial, são disponibilizados alertas semanais de desmatamento e degradação da vegetação em toda a área do Estado. Os alertas permitem detectar desmates a partir de um hectare e acompanhar a alteração da cobertura vegetal de forma rápida e precisa.

 

 

 


 

 


Amazonia 03 de Junho