Mauro Mendes lidera ranking de governadores que mais informam a população

Portal Uol fez levantamento das redes sociais de todos os governadores do país

0
O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes - Foto por: Mayke Toscano/Secom

O governador Mauro Mendes figurou na liderança entre os governadores do país que mais usam suas redes sociais para informar a população sobre a situação do coronavírus.

A informação foi dada pelo portal UOL, na noite de quarta-feira (06), com base em levantamento feito pela Análise Bites, empresa especializada em análise de redes sociais (leia AQUI).

O levantamento levou em conta as postagens dos últimos 66 dias.

“O governador Mauro Mendes do Mato Grosso foi quem mais dedicou tempo para tratar do Covid em seus perfis. Do total de 495 posts desde 01 de março, ele reservou 74% para alertar a população do estado sobre a crise na saúde”, diz trecho da matéria.

Mauro Mendes afirmou que as redes sociais, assim como a imprensa tradicional, são importantes ferramentas para auxiliar e orientar a população, especialmente nesses momentos delicados, quando a sociedade necessita de informações sobre as providências tomadas pelo Poder Público.

“Vamos nos manter firmes nesse trabalho de utilidade, saúde pública e prestação de contas. Uma população bem-informada e que segue as medidas de prevenção é fundamental para que a covid-19 não avance em Mato Grosso, que felizmente se mantém como um dos estados com a menor incidência e mortalidade pela pandemia”, ressaltou.

O governador lembrou que, além de todas as medidas tomadas para conter a pandemia e para estruturar a rede pública de Saúde, o Governo do Estado permanece com os investimentos e melhorias em todas as demais áreas essenciais, como Segurança, Educação e Infraestrutura.

“Continuaremos a usar as redes sociais para informar de forma transparente sobre todas as outras ações que o Estado têm desempenhado, a exemplo das dezenas de obras de infraestrutura, reformas em escolas, ampliação de leitos e revitalização de hospitais, entre outras”, concluiu.


Amazonia 03 de Junho