Terceira etapa da Campanha de Vacinação contra influenza deve começar na próxima segunda-feira (11)

A meta é vacinar 90% de cada grupo prioritário; crianças e gestantes são grupos com menor taxa de cobertura nos últimos anos.

0

A terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve a data alterada pelo Ministério da Saúde. Com a mudança, essa etapa passará a ser entre o dia 11 de maio a 05 de junho, havendo também divisão em duas fases, com objetivo de alcançar o público alvo da ação.

Além disso, o dia D previsto para ocorrer no dia 9 de maio também foi cancelado com recomendação de que as ações de vacinação sejam organizadas, conforme a realidade local, levando em conta, principalmente, o alcance da cobertura vacinal.


-Continua depois da publicidade ©-

Inicialmente, a terceira etapa seria entre 9 a 22 de maio, mas de acordo com o Ministério da Saúde, a mudança foi necessário por considerar o momento atual de propagação do coronavírus no país, a população-alvo a ser vacinada nesta etapa e a disponibilidade e cronograma de entrega das vacinas pelo Instituto Butantan, bem como a distribuição gradual da vacina às Unidades Federadas.

3ª etapa e datas


A terceira etapa tem como grupos prioritários crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, pessoa com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos de idade, professores das escolas pública e particular.


--Continua depois da publicidade ©--

A 1ª fase dessa terceira etapa terá início dia 11 de maio e término dia 17 de maio, quando deverão ser vacinadas as crianças; as pessoas com deficiência, as gestantes e puérperas até 45 dias. Esses dois grupos apresentam, nos últimos anos, baixa cobertura vacinal, alerta o gerente do Programa Estadual de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde, Thiago Rondon.

Já a 2ª fase da mesma etapa terá início dia 18 de maio e término dia 05 de junho, quando serão vacinados adultos de 55 a 59 anos e os professores.

Vacinas

Até o momento, a Secretaria de Estado de Saúde recebeu 588.400 doses da vacina contra a influenza. Para essa terceira e última etapa da campanha são esperadas nesta semana mais 272.400 doses.

A vacina protege contra os vírus influenza A (H1N1) PDM09, A(H3N2) e influenza B. “A vacina previne somente a influenza e não imuniza a população contra o coronavírus, mas vale destacar que a vacinação pode auxiliar na otimização do diagnóstico da Covid-19 e diminuir o quantitativo de pessoas que necessitem de hospitalização devido a influenza”, ressalta Thiago.