Servidora de laboratório que faz exames de Covid-19 em Cuiabá contrai a doença

0
coronavirus

Uma servidora do Laboratório Central do Estado (Lacen), em Cuiabá, que faz exames do coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso, contraiu a doença. A informação foi revelada pelo Secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, durante entrevista nesta quarta-feira (6).

Gilberto também disse que ele mesmo já fez quatro testes para Covid-19 e que todos deram negativo. O secretário, que tem 59 anos, revelou que é do grupo de risco por ter diabetes.

“Essa servidora foi infectada e foi ofertado que ela ficasse no hotel ´alugado pelo governo, mas ela se recusou e se recupera em casa”, disse o secretário sem dar detalhes sobre a paciente.

Ele afirmou que não é possível saber onde a servidora foi infectada.

De acordo com o secretário, o Lacen, que tem capacidade de fazer 400 testes de Covid por dia, não tem tido a demanda. De terça-feira (5) para esta quarta-feira, por exemplo, foram analisadas 110 amostras

“A maioria dessas amostras é uma medida para investigar a situação a fundo do paciente, principalmente dos parentes [que tiveram contato]”, argumentou.

Hotel

No mês passado o governo de Mato Grosso alugou um hotel no valor de R$ 200 mil ao mês para hospedar servidores que possam ser infectados pelo coronavírus. O hotel, localizado na região do bairro Coxipó, conta com 50 apartamentos para hospedar os servidores.

No entanto, conforme o secretário, o governo não viu mais necessidade do serviço, uma vez que nenhum servidor foi hospedado. Dessa forma, o contrato não será prorrogado. Caso algum servidor seja infectado, será encaminhado para uma das unidades médicas do estado.

Casos em Mato Grosso

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até esta terça-feira (5), 366 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.


Amazonia 03 de Junho